• Notícias
  • Clube
  • Futebol
  • Serviços
  • Clube de Vantagens
  • Inter Store
    Associe-se

    Somos mais de

    sócios engajados

    engajados na campanha

    Somos mais de

    sócios engajados

    engajados na campanha

      Área do sócio
      NotíciasClubeFutebolServiçosClube de VantagensInter Store

        Volante da Seleção Luana Bertolucci conversa com base das Gurias Coloradas

        Dando sequência às palestras propostas para as categorias de base das Gurias Coloradas, nesta quarta-feira (1), Luana Bertolucci, volante da Seleção Brasileira e atleta do Paris Saint-germain, bateu um papo com as categorias Sub-18, Sub-16 e Sub-14. A conversa ocorreu no formato online e contou com a participação da comissão técnica.

        Luana teve seu primeiro encontro com a bola aos 7 anos através do futsal e aos 15 já havia alcançado a categoria profissional nos gramados. A volante destacou sua disciplina, comprometimento com os treinos e os cuidados na vida extracampo como fatores fundamentais para o seu rendimento físico e crescimento como atleta.

        Volante da categoria Sub-18, Maju comemorou as lições oferecidas por Luana, que também ajudam a renovar as esperanças no fortalecimento do futebol feminino como um todo. “Gostei muito de participar da conversa com a Luana. Achei muito interessante pois ela pode nos trazer bastante experiências dentro do Brasil, com a Seleção, e fora do país também. Ela nos apresentou algumas dificuldades que teve ao decorrer da carreira, os seus objetivos e quais foram os motivos que deram força para ela continuar. É uma jogadora que transmite bastante inspiração. Outra questão bacana foi entender sobre a evolução do futebol feminino na França por conta da tradição do time Lyon. O poder do futebol feminino!”

        Tendo passagens pela Noruega, Coreia do Sul e, atualmente, França, Luana explanou um pouco sobre o processo de adaptação no exterior e os ensinamentos que tirou dessas experiências. Por fim, ela respondeu a uma série de questionamentos das atletas, onde falou sobre o impacto positivo da Copa do Mundo Feminina de 2019 para modalidade, a relação de trabalho com a técnica Pia Sundhage no comando da Seleção Brasileira e o retorno do campeonato francês e da Champions League após a paralisação.