• Notícias
  • Clube
  • Futebol
  • Serviços
  • Clube de Vantagens
  • Inter Store
    Associe-se

    Raio-X: tudo sobre o primeiro encontro com o Boca

    Dia de Copa! O Clube do Povo enfrenta, a partir das 21h30 desta quarta-feira (02/12), o Boca Juniors, no Beira-Rio. Confronto de ida das oitavas de final da Libertadores da América, o clássico continental abre a disputa por vaga entre as oito melhores equipes do continente. Confira tudo sobre o duelo!


    Transmissão

    Clique para conferir a programação da Rádio Colorada

    A Rádio Colorada abre às 20h30, com o pré-jogo Portões Abertos, a transmissão do duelo entre Inter e Boca Juniors. A partir das 21h15, a emissora que mais transmite o Clube do Povo no mundo inicia a Jornada Esportiva para o clássico continental. Ao soar do último apito, começa o Vestiário Vermelho, atração que repercute, através de entrevistas exclusivas e também coletivas, os detalhes do duelo recém-encerrado. Acompanhe a Mais Vermelha via FM 95.5 ou Site e APP do Inter!

    Clique aqui para fazer o download do APP do Inter para Android

    Clique aqui para fazer o download do APP do Inter para IOS

    As redes sociais do Clube do Povo (@scinternacional no TwitterInstagram Facebook) oferecerão o mais completo minuto a minuto da internet, repleto de imagens compartilhadas de maneira instantânea. Na TV, a Conmebol TV transmite com exclusividade. Confira a numeração do canal em cada operadora disponível:

    Conmebol TV:
    Claro: 711, 712, 713 e 714.

    Sky: 220 e 221 – HD: 620 e 621.

    Novas datas

    Maradona em duelo contra o Inter válido pelo Torneio Joan Gamper de 1982

    Inter e Boca Juniors abririam o embate de oitavas da Libertadores na quarta-feira passada, dia 25 de novembro. Na data, porém, faleceu Diego Armando Maradona, maior ídolo do futebol argentino e um dos principais jogadores da história do futebol. Em sinal de luto à memória del pibe de oro, a Conmebol adiou os duelos de ida e volta em uma semana. Confira as novas datas:

    Partida de ida:
    Inter x Boca Juniors – Estádio Beira-Rio
    02/12/2020 – 21h30 de Brasília

    Partida de volta:
    Boca Juniors x Inter – La Bombonera
    09/12/2020 – 21h30 de Brasília.

    Maradona é ídolo no Boca Juniors, time pelo qual torcia

    Vamo, Colorado!

    O Inter está pronto para encarar o Boca! A preparação colorada foi encerrada na tarde desta terça-feira (01/12), com trabalhos no CT Parque Gigante. Sob o comando dos auxiliares Osmar Loss e Leomir de Souza, uma vez que Abel Braga segue em isolamento após testar positivo para o novo coronavírus, o grupo vermelho realizou atividades que encaminharam a escalação que irá a campo no Beira-Rio.

    Na luta para largar em vantagem na Libertadores, o Inter precisará superar uma série de desfalques. Lesionados, Johnny, Abel Hernández, Moisés, Guerrero, Saravia e Boschilia estão fora do confronto, bem como os suspensos Cuesta e Rodinei. O trio Edenilson, Caio Vidal e Matheus Jussa, com Covid-19, completa a lista de ausências.

    Artilheiro colorado na temporada com 21 gols marcados, Thiago Galhardo concedeu entrevista coletiva na tarde desta terça-feira (01/12). Antes do treinamento, o camisa 17 do Clube do Povo projetou o duelo que se avizinha no horizonte vermelho e destacou a grandiosidade do confronto contra o Boca Juniors. Confira:

    “Todo trabalho demanda tempo. Todos os treinadores dizem isso. Nós, os comandados, sabemos. Aos poucos a gente tem melhorado e tenho certeza que, logo menos, espero que amanhã, a gente já possa começar a dar essa resposta de, além de fazer um bom jogo, conquistar a vitória, que é o que mais importa pra nós.”

    Thiago Galhardo


    Inscritos

    O Inter divulgou na terça-feira retrasada (24/11) a lista atualizada de atletas inscritos na Conmebol Libertadores. Entre as novidades da nominata, que conta com 47 jogadores, está Maurício. Dono da camisa sete, o meio-campista, contratado no início do mês de novembro, soma um gol em três partidas disputadas pelo Clube do Povo. Confira a relação completa:


    Arbitragem – com VAR!

    Roberto Tobar, auxiliado por Alejandro Molina e Raúl Orellana. VAR: Julio Bascúñan. Quarteto chileno. A partir das oitavas de final, a Libertadores conta com o recurso de vídeo.


    O Rival

    A imponência da mítica Bombonera/Foto: Twitter Boca Juniors, DVG

    Vice-campeão da Libertadores em 2018 e eliminado nas semifinais de 2019 – em ambas ocasiões superado pelo rival River Plate -, o Boca Juniors tem na ‘Copa’ sua principal obsessão para a atual temporada. Vencedor da última edição do Campeonato Argentino, o Xeneize manteve a maior parte dos titulares da conquista nacional, e aposta no entrosamento de seus atletas para levantar o principal torneio da América pela sétima vez na história.

    O recente título argentino passa muito por Miguel Ángel Russo. Treinador xeneize na última Libertadores conquistada pelo Boca, em 2007, ele retornou para a casamata da Bombonera no início de 2020. Escolhido pela diretoria que tomou posse em dezembro passado, assumiu no lugar de Gustavo Alfero. Sob o comando do profissional de 64 anos, o Azul y Oro construiu excelente arrancada na reta final do Nacional e, com seis vitórias e um empate nas últimas sete rodadas, levantou sua 34º taça do campeonato local.

    Miguel Ángel Russo, técnico xeneize/Foto: Twitter Boca Juniors, DVG

    A incrível arrancada do Boca de Russo contou, ainda, com 16 gols marcados e apenas um sofrido. Desde a taça nacional, o Xeneize disputou outras 12 partidas oficiais. Do total, venceu oito, empatou duas e perdeu outras duas. No último domingo (01/12), o rival colorado deste meio de semana derrotou o Newell’s Old Boys, na Bombonera, por 2 a 0. Repleto de homenagens a Maradona, o confronto contou com doblete de Cardona.

    Goleador do dia, Cardona comemora inidcando imagem de Maradona/Foto: Twitter Boca Juniors, DVG

    Na Libertadores, o Boca, que envolvido com as últimas partidas do Campeonato Nacional disputou a abertura de sua chave com reservas, somou 14 pontos no grupo H. A equipe marcou 10 gols e sofreu apenas um, exatamente na primeira rodada, em cobrança de falta. Salvio, autor de cinco tentos, foi o artilheiro xeneize na fase. Além dele, marcaram também Tevez, duas vezes, e Ábila, Reynoso e Lisandro López, um cada.

    Em relação à equipe que conquistou a Argentina, Miguel Russo sofreu apenas uma baixa: o meio-campista Pol Fernández não acertou sua renovação de contrato e foi descartado dos planos xeneizes. Em seu lugar, o camisa 14 Nicolás Capaldo, cria da casa, tem atuado com relativa frequência. O atleta abre a região central ao lado de Campuzano, volante titular desde o título nacional. A dupla deve ser titular contra o Inter, bem como Cardona, na armação, Villa, na ponta-esquerda, e Tevez, na frente.

    Campuzano veste a 21 azul y oro/Foto: Twitter Boca Juniors, DVG

    Existem, igualmente, certezas quanto à defesa xeneize. Esteban Andrada será o goleiro, em retaguarda que também contará, da direita para a esquerda, com Buffarini, Izquierdoz e Frank Fabra. Restam, assim, duas dúvidas na nominata xeneize, uma de ordem física e outra por motivos técnicos.

    No meio de campo, Toto Salvio costuma atuar pela faixa direita. Dono da camisa 11, o experiente meia de 30 anos sofreu lesão no último dia oito, em partida contra o Newell’s, e deve retornar aos campos exatamente contra o Inter. Sob o comando de Miguel Russo, Salvio, um dos protagonistas da atual geração xeneize, já anotou 10 gols. Caso não atue, Maroni, Wanchope Ábila e Soldano são alternativas.

    Cardona, Tevez e Villa: trio deve começar o jogo nesta quarta/Foto: Twitter Boca Juniors, DVG

    A segunda incerteza que rodeia a formação xeneize dá conta da dupla de zaga. Lisandro López, experiente defensor de 31 anos que pertence ao Benfica, é o mais cotado para iniciar o duelo no Beira-Rio. O peruano Carlos Zambrano, porém, também tem chances de ser escolhido para os 11 titulares e reeditar, com Izquierdoz, a dupla que enfrentou o Newell’s no domingo passado.

    Os relacionados de Miguel Russo para o duelo no Beira-Rio/Divulgação: Twitter Boca Juniors

    Chaveamento

    O Inter encerrou a fase de grupos da Libertadores na vice-liderança da chave E, e teve seu adversário nas oitavas, primeiro colocado do grupo H, definido através de sorteio. Na ocasião, o Colorado também conheceu o caminho que precisará percorrer até a decisão do torneio.

    Nas quartas de final, quem avançar do embate entre Clube do Povo e Boca Juniors enfrentará o Racing-ARG, que na última terça-feira eliminou o Flamengo, no Maracanã, nos pênaltis. Confira o chaveamento da maior competição de clubes das Américas:

    Guaraní-PAR x GrêmioIndependiente del Valle-EQU x Nacional-URU
    vsSEMIFINALISTASEMIFINALISTAvs
    Santos River Plate
    FINAL
    Racing-ARG Libertad-PAR x Jorge Wilstermann-BOL
    vs SEMIFINALISTA SEMIFINALISTAvs
    Inter x Boca Juniors Delfín-EQU x Palmeiras

    *Equipes em negrito decidem como mandantes


    Retrospecto colorado

    Duelo entre duas das mais tradicionais camisas do futebol sul-americano, o confronto entre Inter e Boca Juniors já viveu oito capítulos em sua história. Do total, quatro foram encerrados com triunfo colorado e três com vitória argentina, além de uma igualdade sem gols. Clube do Povo e Xeneize mandaram o mesmo número de bolas para as redes: 14.


    Gigante, Alex!

    O último encontro entre Inter e Boca Juniors no Beira-Rio ocorreu no ano de 2008. Partida de ida das quartas de final da Sul-Americana, foi prestigiada por mais de 36 mil colorados e coloradas, que cozinharam o Boca no caldeirão da Padre Cacique. Sob o comando de Tite, o Clube do Povo contou com dois golaços de Alex, que vivia temporada iluminada, para derrotar os argentinos por 2 a 0. O resultado, somado ao 2 a 1 gaúcho na Bombonera, classificou o Alvirrubro às semis continentais.