• Notícias
  • Clube
  • Futebol
  • Serviços
  • Clube de Vantagens
  • Inter Store
    Associe-se

    Raio-X: tudo do encontro contra o Fluminense

    Fim de semana de Inter no Beira-Rio. O Clube do Povo recebe, a partir das 18h15 deste domingo (22/11), o Fluminense. Partida da 22ª rodada do Brasileirão, vale, para o Colorado, a manutenção nas primeiras colocações da tabela. Fique por dentro de todas as informações sobre o duelo!


    Pra cima deles, Colorado!

    O Clube do Povo está pronto para mais um desafio no Brasileirão! Os preparativos para o duelo diante do Fluminense foram encerrados na tarde deste sábado, no CT Parque Gigante. Sob o comando dos auxiliares Osmar Loss e Leomir, o grupo colorado realizou atividades táticas e técnicas que encaminharam a formação que irá a campo no Beira-Rio.

    Após testar positivo para Covid-19, o técnico Abel Braga cumpre isolamento. Além do comandante, os goleiros Daniel e Keiller, que também contraíram coronavírus, são desfalques diante do Fluminense, bem como Heitor, suspenso, e os lesionados Abel Hernández e Moisés.

    Leomir (E) e Osmar Loss (D) comandarão o Inter na ausência de Abel

    Escolhido pelo prêmio da ESPN Bola de Prata o melhor volante do primeiro turno do Brasileirão, Edenilson concedeu, na última sexta-feira (20/11), entrevista coletiva no CT Parque Gigante. O camisa 8 colorado projetou a sequência da temporada alvirrubra e analisou o caminho a ser adotado pelo elenco para superar os desfalques e conquistar os três pontos no domingo. Confira:

    “A gente tem que se adaptar o quanto antes às mudanças. Isso depende do grupo de jogadores também assimilar o quanto antes, porque a gente sabe que não tem tanto tempo assim pra treinar. Estamos cada vez mais fechados e unidos aqui para que a gente possa conquistar os objetivos do Clube.”

    Edenilson


    Jornada dupla na Colorada!

    Emissora que mais transmite o Inter no mundo, a Rádio Colorada estará ao vivo a partir das 13h deste domingo com a apresentação do Velhas Súmulas, programa que neste final de semana entrevistou o ex-atacante Diego. Na sequência, às 14h40, a Mais Vermelha transmite o embate entre Inter e Vasco, válido pela 13ª rodada do Brasileirão Sub-20. Encerrada a partida do Celeiro, ocorre, das 17h às 17h10, nova edição do horário político eleitoral colorado.

    Na sequência, o pré-jogo Portões Abertos projeta o duelo do fim de tarde no Beira-Rio, e será sucedido, a partir 18h15, pela Jornada Esportiva, sempre aberta para interações no InterZapp – (51) 99189-4124. Ao soar do último apito, tem início o Vestiário Vermelho, atração que repercutirá, através de entrevistas exclusivas e coletivas, todos os detalhes da 22ª rodada do Brasileirão. Acompanhe a Rádio Colorada no FM 95,5 ou via Site e APP do Inter!

    As redes sociais do Clube do Povo (@scinternacional no TwitterInstagram Facebook) contarão, uma vez mais, com o melhor minuto a minuto da internet, recheado de imagens compartilhadas de maneira instantânea. Na TV, o Premiere anuncia transmissão.

    Clique aqui para fazer o download do APP do Inter para Android

    Clique aqui para fazer o download do APP do Inter para IOS


    Situação de tabela

    Somando 36 pontos, o Inter chega para este domingo na terceira colocação do Campeonato Brasileiro. A pontuação colorada é inferior em dois pontos à do Atlético-MG, que a partir das 16h deste dia 22 visita o Ceará, no Castelão, e em três ao Flamengo. O Rubro-Negro, porém, já entrou em campo na rodada: superou o Coritiba, por 3 a 1, no Maracanã.

    Apenas uma vitória diante do Fluminense permitiria ao Inter chegar à liderança do Brasileirão ao fim da 22ª rodada. Para tanto, contudo, o Galo precisaria perder em Fortaleza, uma vez que os mineiros somam 12 vitórias no torneio, duas a mais do que o Clube do Povo.

    Fato é que o Colorado encerrará a rodada no G4. A única equipe capaz de ultrapassar o Inter neste final de semana é o São Paulo, que vai a campo, às 16h deste domingo, para encarar o Vasco. No Morumbi, os paulistas, que somam os mesmo 36 pontos que o Clube do Povo, jogam também mirando a liderança. A vantagem alvirrubra na classificação passa pelo número de gols marcados: são 32 vermelhos contra 29 tricolores.


    Arbitragem

    Luiz Flavio de Oliveira apita, auxiliado por Miguel Caetaneo Ribeiro da Costa e Evandro de Melo Lima. Trio de São Paulo. VAR: Wagner Reway, da Paraíba.


    O Rival

    Felippe Cardoso é a esperança de gols do Fluminense/Foto: Lucas Merçon, Fluminense

    Oitavo colocado, o Fluminense soma 32 pontos no Brasileirão 2020. Dono de nove vitórias em 21 rodadas, o Tricolor das Laranjeiras ainda registra cinco igualdades e sete reveses. O retrospecto, construído através de 29 gols marcados – cinco a mais do que os sofridos -, credencia os comandados de Odair Hellmann à luta por vaga na Libertadores do próximo ano.

    Vice-campeão carioca, o Fluminense não mais participa dos torneios eliminatórios de Copa do Brasil e Sul-Americana. A equipe, que construiu excelente campanha no mês de outubro, encerrado com quatro vitórias e três empates conquistados em sete partidas, busca, diante do Inter, retomar o melhor momento na temporada. Até agora, nos dois duelos que disputou em novembro, o Tricolor das Laranjeiras soma uma dupla de reveses, três gols sofridos e nenhum marcado.

    Odair é o técnico do time das Laranjeiras/Foto: Mailson Santana, Fluminense

    Velho conhecido da torcida colorada, Odair Hellmann comanda o Fluminense desde o início da temporada. No Tricolor, o ex-comandante alvirrubro costuma armar sua equipe com um trio de meio-campistas dono de maior poder de marcação, mas também simpático à retenção de posse de bola, além de um armador mais cerebral, caso de Ganso ou Nenê, um ponta veloz e, ainda, um atleta que ocupe o comando de ataque, normalmente Fred ou Felippe Cardoso. Diante do Inter, porém, o técnico conta com muitos problemas para escalar seus 11 iniciais.

    O retorno de Yago é a boa notícia para o rival colorado/Foto: Mailson Santana, Fluminense

    Após testarem positivo para o novo coronavírus, os atletas Egídio, Nino, Hudson, Michel Araújo e Fernando Pacheco desfalcam o Fluminense no Beira-Rio. Aos cinco somam-se as baixas de Fred e Julião, com problemas físicos, e Dodi, afastado por questões contratuais. A notícia positiva fica por conta de Yago, recuperado de Covid-19.

    Uruguaio Michel Araújo é um dos desfalques cariocas/Foto: Mailson Santana, Fluminense

    Os muitos desfalques tornam difícil a missão de projetar a escalação do Fluminense para o confronto contra o Inter. No gol, o titular é Muriel, cria do Celeiro de Ases. Calegari deve ocupar a direita na vaga do lesionado Julião, enquanto Digão é o mais cotado para entrar no lugar de Nino e formar dupla de zaga com Luccas Claro. Danilo Barcelos, na esquerda, completa o quarteto defensivo.

    A linha de frente contará Wellington Silva pela direita, enquanto Felippe Cardoso é o provável dono do comando de ataque, embora Lucca e Marcos Paulo corram por fora. Zona mais incerta do time carioca, o meio de campo deve ser inaugurado por Yuri e Yago. Por fim, Nenê pode ser recuado para completar o centro, deixando o flanco esquerdo para Luiz Henrique. Outra possibilidade é o 77 integrar o trio ofensivo, no corredor canhoto, e André atuar na meia.

    Versatilidade de Nenê é uma das armas de Odair para surpreender o Inter/Foto: Lucas Merçon, Fluminense

    Retrospecto

    Inter e Fluminense já se enfrentaram 84 vezes na história. Dono de 31 triunfos, quatro a mais do que o rival, o Clube do Povo leva a vantagem no retrospecto do confronto, que ainda conta com 26 igualdades. Ao todo, o Colorado, que sofreu 100 tentos do Tricolor carioca, vazou as redes do time das Laranjeiras em 105 ocasiões.


    Goleada de Andrezinho e Taison

    O Colorado recebeu o Fluminense, na quarta-feira 15 de julho de 2009, para a disputa de confronto da 11ª rodada do Brasileirão daquele ano. No Beira-Rio, Andrezinho, que vestiu a camisa 10, e Taison, alçado a campo no segundo tempo, deram show na goleada que valeu ao Inter a liderança do torneio.

    Talismã Andrezinho!

    O Clube do Povo abriu o placar logo aos 15 do primeiro tempo. Sorondo, de cabeça, completou cobrança de falta venenosa feita por Andrezinho. O camisa 10, inclusive, anotou o segundo do Inter: servido por Nilmar, dominou ajeitando para o arremate e, a poucos passos da meia-lua, finalizou por cima de Ricardo Berna, que nada pôde fazer.

    Sorondo (4) comemora com Marcelo Cordeiro (6)

    Ruy e Conca, em apenas dois minutos, empataram para o Flu antes dos 30 da etapa final. Foi então que Taison brilhou. Aos 34, fez uma pintura. Depois, aos 46, recebeu assistência de Marquinhos para, debaixo das traves, dar números finais ao embate. Vitória, de 4 a 2, garantida!

    O primeiro de Taison saiu em chute forte de perna direita