• Notícias
  • Clube
  • Futebol
  • Serviços
  • Clube de Vantagens
  • Inter Store
    Associe-se

    Raio-X: o que você precisa saber sobre a visita ao Táchira-VEN

    Noite de Libertadores na Venezuela! Líder do grupo B da competição, o Clube do Povo visita o Deportivo Táchira-VEN, a partir das 19h15 desta terça-feira (11/05), pela quarta rodada do torneio. Confira entrevista da Rádio Colorada com Oscar Castro, jornalista venezuelano, projetando o confronto. Abaixo, você encontra todas as informações sobre o duelo!


    Transmissão 📻

    Dona da jornada mais vermelha da internet, a Rádio Colorada estará ao vivo a partir das 18h desta terça-feira. Com completos pré e pós-jogo, além de narração feita de torcedor(a) para torcedor(a), a emissora oficial do Clube do Povo pode ser acompanhada via Site e APP do Inter! Confira a programação:

    AtraçõesPlataformas
    18hPortões AbertosInternet e App do Inter
    19h15Jornada EsportivaInternet e App do Inter
    21h15Vestiário ColoradoInternet e App do Inter

    As redes sociais do Inter (@scinternacional no TwitterInstagram Facebook) contarão com completo minuto a minuto da partida. Com imagens, a Conmebol TV anuncia transmissão.


    Vamo, Inter! 💪

    Segunda-feira contou com treino na Venezuela/Foto: Ricardo Duarte

    O Colorado viveu maratona intensa nos últimos dias. Após golear o Juventude por 4 a 1 no sábado passado (08/05), e assim garantir vaga na decisão estadual, o Inter embarcou para a Venezuela ainda na manhã de domingo. Quase nove horas de viagem depois, o elenco chegou a San Cristóbal-VEN, cidade palco do duelo contra o Táchira, já no encerramento do Dia das Mães.

    A logística exigiu bastante dos atletas, que treinaram apenas na véspera da partida. Na tarde desta segunda (10/05), Miguel Ángel Ramírez e comissão realizaram atividades táticas no complexo do Deportivo Táchira, sucedidas pelo reconhecimento do gramado do Estádio Templo Nuevo, endereço que sediará o confronto desta terça.

    Elenco conheceu o endereço da partida desta terça/Foto: Ricardo Duarte

    Diante do Deportivo Táchira-VEN, Ramírez não poderá contar com Heitor, Patrick e Paolo Guerrero, trio de lesionados. Após deixar o campo com dores no último sábado, Palacios é dúvida, e será reavaliado até o momento da partida. Taison, por outro lado, volta a ficar à disposição do técnico colorado.

    Miguel conta com baixas, retornos e dúvidas para a partida/Foto: Ricardo Duarte

    Entrevistado de maneira exclusiva pelo Canal do Inter no último domingo (09/05), Rodinei comentou a intensa rotina do elenco colorado. De acordo com o lateral-direito, a longa viagem desgastou o grupo, mas não a ponto de atrapalhar a preparação para o duelo válido pela quarta rodada da Libertadores.

    “Agora é a hora de a gente virar a chave, pensar na Libertadores, no jogo contra o Deportivo Táchira. A viagem foi muito cansativa, oito horas, mas isso aí não é desculpa. Estamos preparados para fazer um bom jogo e levar mais uma vitória para Porto Alegre.”

    Rodinei

    Quem também concedeu entrevista foi Moisés. Escolhido para a tradicional coletiva de véspera de Libertadores, o lateral-esquerdo revelou suas expectativas para o confronto diante do Táchira. A partida, nas palavras do camisa 20, será disputada por um Inter mais leve, embalado pelas duas vitórias consecutivas na competição.

    “A gente vive uma boa fase, que é fruto do nosso dia a dia. Conseguimos recuperar os três pontos perdidos na estreia. Agora, é um jogo totalmente diferente. Creio que nossa equipe está leve para poder fazer um bom jogo. Sabemos da importância de dar um salto na tabela, manter a liderança e distanciar do nosso rival.”

    Moisés

    Moisés ainda falou sobre a função atualmente desempenhada pelos laterais colorados. Tradicionalmente presos ao limite do campo, os atletas de flanco têm atuado, sob o comando de Miguel Ángel, mais próximos dos meias. A função, revelou, está sendo cada vez melhor assimilada pelo grupo.

    “Nós somos acostumados a fazer a ultrapassagem por fora, e o professor pede que a gente se apresente por dentro, para ter mais um jogador no meio. Vem dando certo. O Rodinei tem aparecido muito bem, assim como eu e outros jogadores, o Heitor, o Leo e o Renzo. É tudo fruto do treinamento. Estamos fazendo o máximo, e conseguindo entender o pedido do professor.”

    Moisés

    Arbitragem 🧑‍⚖️

    Wilmar Roldán apita, auxiliado por Miguel Roldán e Richard Ortiz. Quarto árbitro: Carlos Ortega. Quarteto colombiano.


    Rival 🆚

    Aurinegro busca a reabilitação na Libertadores/Foto: DVG, Twitter Deportivo Táchira

    O Deportivo Táchira-VEN estreou na Libertadores com importante vitória sobre o Olimpia-PAR, de virada, por 3 a 2, resultado que alimentou grandes expectativas no público venezuelano. Os dois confrontos seguintes, porém, impuseram dupla de derrotas para os tachirenses, que agora buscam rápida reação para manter vivo o sonho de vaga nos mata-matas, como revela Oscar Castro.

    “Táchira vai para seu segundo jogo como mandante, e depois já espera o Always Ready-BOL, também aqui em San Cristóbal. Para sonhar chegar nos mata-matas, tem que somar pontos. A partida contra o Inter é exigente, mas nada está escrito que o Inter já ganhou. Vamos ver como o Táchira vai se sentir como local, se mostra seu potencial.”

    Oscar Castro
    Adversário aposta na força do fator local/Foto: DVG, Twitter Deportivo Táchira

    Ídolo aurinegro, o atacante Edgar Pérez Greco seguiu a mesma linha de raciocínio em entrevista coletiva concedida na tarde desta segunda-feira (10/05). O atleta, capitão do Táchira e descendente de fundadores da equipe, reconheceu as dificuldades da partida, mas reforçou a importância de uma boa atuação dentro de casa.

    “Sabemos da magnitude da partida, vamos enfrentar um grande rival, mas estamos em casa, e queremos fazer as coisas certas. Será uma noite inesquecível no Pueblo Nuevo, infelizmente sem o apoio da nossa torcida, mas sentimos o amor e confiança deles. Não apenas nas ruas, mas também nas redes sociais.”

    Edgar Pérez Greco
    Greco (21) é uma dos maiores jogadores da história do Táchira/Foto: Ricardo Duarte

    Os consecutivos tropeços a nível continental não possuem muitas semelhanças no roteiro que apresentaram dentro de campo. Afinal, se a derrota para o Inter foi entendida como inquestionável, o tropeço de 2 a 0 para o Always Ready, na Bolívia, deixou um gosto amargo à torcida aurinegra, que encontrara motivos, ao longo do jogo, para sonhar com um melhor resultado.

    “Aquela derrota de 4 a 0 mostrou o mérito e a grandeza do Inter no confronto. Porém, no jogo de La Paz, esperávamos, e me parece que o Táchira merecia, um melhor resultado. Quando estava 1 a 0, faltou calma e precisão nas poucas oportunidades que teve, enquanto o primeiro gol saiu de um lateral, e o segundo um pênalti bem duvidoso.”

    Oscar Castro
    Rival foi superado na altitude de La Paz/Foto: DVG, Twitter Deportivo Táchira

    Em relação aos nomes que iniciaram a partida de duas semanas atrás, no Beira-Rio, Michel Covea desponta como provável novidade na formação tachirense. O atleta, contudo, pode não ser a única mudança promovida pelo técnico Juan Domingo Tolisano no meio de campo, de quem se espera postura mais combativa para esta terça-feira.

    Uma mudança poderia ser, numa linha de contenção, um terceiro volante, mas que seja misto. Assim, teríamos Covea desde o início, trabalhando com Góndola, e uma linha com Cova, Flores e um terceiro, Velasco ou Zalzman. Zalzman é um volante misto, que tem saída e marcação. O Velasco é um volante de marcação, que não tem saída.”

    Oscar Castro
    Dono da camisa 10, Covea deve ser titular nesta terça/Foto: DVG, Twitter Deportivo Táchira

    A provável escalação aurinegra também conta com novidades na defesa, que deve repetir a dupla de zaga titular na partida do último sábado, data de vitória por 2 a 0 sobre o Trujilianos, em San Cristóbal. Os 11 nomes especulados, portanto, são: Cristopher Varela; Nelson Hernández, Pablo Camacho, Lucas Trejo e José Granados; Maurice Cova, Francisco Flores e Velazso ou Zalzman; Covea e Freddy Góndola; Lucas Gómez.


    Palco 🏟️

    A arquibancada principal do Pueblo Nuevo/Foto: Ricardo Duarte

    O Estádio Pueblo Nuevo, chamado pela torcida aurinegra de ‘Templo Sagrado’, conta com capacidade para 38.755 pessoas. Casa do Deportivo Táchira, o palco foi completamente reformulado para a disputa da Copa América de 2007, quando sediou diversas partidas da Seleção Venezuelana, incluindo o duelo de quartas de final contra o Uruguai. A partida, encerrada com vitória charrua por 4 a 1, contou com dois gols e uma assistência de Diego Forlán.


    Classificação 🧮

    Colorado vem de duas vitórias consecutivas/Foto: Ricardo Duarte

    O Inter chega para a quarta rodada na liderança do grupo B. Dono de seis pontos, o Colorado supera o Always Ready-BOL, segundo colocado, pelo saldo de gols, positivo em sete tentos, quatro a mais do que o rival. O Táchira, por outro lado, é lanterna da chave. Os venezuelanos, vazados em cinco ocasiões, mandaram duas bolas para as redes.

    PJVEDGPGCSG
    1 – Internacional632011037
    2 – Always Ready-BOL63201523
    3 – Olimpia-PAR33102510-5
    4 – Deportivo Táchira-VEN3310238-5
    Inter busca se aproximar da classificação às oitavas/Foto: Ricardo Duarte

    Último confronto ⏱️

    Inter e Deportivo Táchira-VEN se enfrentaram na segunda rodada da fase de grupos da Libertadores. A partida, disputada a partir das 21h30 da terça-feira 27 de abril, presenciou primeiro tempo de luxo do Clube do Povo, que atordoou os visitantes através da intensidade de seus jogadores de ataque.

    Victor Cuesta, Patrick e Thiago Galhardo marcaram para o Inter no primeiro tempo, garantindo importante vitória parcial de 3 a 0. Na volta do intervalo, Palacios recebeu o segundo amarelo, e o Colorado passou a atuar com um jogador a menos. Apesar da inferioridade numérica, o domínio foi mantido, consistência recompensada com o gol de Yuri Alberto, último da noite.