• Notícias
  • Clube
  • Futebol
  • Serviços
  • Clube de Vantagens
  • Inter Store
    Associe-se

    Raio-X: Inter recebe o Olimpia pela Libertadores

    Em busca da segunda vitória consecutiva na Libertadores, o Clube do Povo recebe o Olimpia, a partir das 21h desta quarta-feira (05/05), pela terceira rodada do grupo B da competição. Confira entrevista da Rádio Colorada com Victor Villalba, jornalista paraguaio, projetando o confronto. Abaixo, você encontra todas as informações do duelo.


    Transmissão 📻

    Dona da jornada mais vermelha da internet, a Rádio Colorada estará ao vivo a partir das 18h desta quarta-feira. A jornada, que contará com completos pré e pós-jogo, além de narração legitimamente torcedora, se estende até a madrugada de quinta. Confira a programação da emissora oficial do Clube do Povo, que pode ser acompanhada via Site e APP do Inter!

    AtraçãoPlataformas
    18hPrograma do InterInternet e App do Inter
    19hProgramação especialInternet e App do Inter
    19h30Raio-XInternet e App do Inter
    20hPortões AbertosInternet e App do Inter
    21hJornada EsportivaInternet e App do Inter
    23hVestiário VermelhoInternet e App do Inter

    As redes sociais do Inter (@scinternacional no TwitterInstagram Facebook) contarão com um completo minuto a minuto. Com imagens, Fox Sports e Facebook Watch anunciam transmissão.


    Vamo, Inter! 💪

    Miguel Ángel Ramírez teve três dias para preparar a equipe colorada/Foto: Ricardo Duarte

    Debaixo de chuva, o Inter encerrou na tarde desta terça-feira (04/05) os preparativos para o duelo contra o Olimpia. No CT Parque Gigante, Miguel Ángel Ramírez comandou trabalho tático que azeitou os últimos detalhes da equipe que buscará, contra os paraguaios, a segunda vitória consecutiva na Libertadores.

    No Beira-Rio, Ramírez não poderá contar com Carlos Palacios. Expulso diante do Táchira, o chileno cumpre suspensão nesta quarta-feira. Taison, por outro lado, está à disposição do técnico colorado. O novo camisa 10 do Clube do Povo, vale lembrar, não está inscrito no Gauchão, mas figura na nominata de relacionados para a principal competição do continente.

    Taison pode ser uma novidade diante do Olimpia/Foto: Ricardo Duarte

    Como de costume nas vésperas de Libertadores, a terça-feira contou com entrevista coletiva no CT colorado. Escolhido para falar à imprensa, o goleiro Marcelo Lomba, que não sofreu gols no último duelo disputado pelo Inter no torneio, comentou as expectativas do grupo para a partida contra o Olimpia.

    “A gente quer manter o nível da atuação contra o Deportivo e desses jogos em que conseguimos convencer, jogar bem, se sentir bem em campo. Conversamos, nós jogadores, e a gente acredita que já amadureceu no esquema do Miguel. Tem um mês que estamos trabalhando, então tem uma expectativa boa para voltar aqui para o Beira-Rio e fazer um grande jogo.”

    Marcelo Lomba

    O camisa 12 do Clube do Povo também analisou o adversário que espera o Inter. Atual campeão paraguaio, o Olimpia, de acordo com Lomba, tem uma história rica, que cobra respeito. O presente, porém, também exige muita atenção, convertida em intenso trabalho pelo grupo colorado.

    “Sei que o Olimpia é um grande clube, de muita tradição. É um jogo de visibilidade, mas, acima de tudo, um jogo que decide quem vai estar na ponta do grupo, porque está tudo embolado. Quando a gente olha pro Olimpia, vemos grandes jogadores. Já vimos alguma coisa do esquema de jogo, do que vamos enfrentar. Serão duas grandes equipe.”

    Marcelo Lomba

    Por fim, Lomba ainda reforçou a importância do Beira-Rio para o Inter. O goleiro, um dos líderes do elenco vermelho, ressaltou que o grupo espera somar o maior número possível de vitórias dentro de casa, consciente da força especial que o Clube do Povo tem no número 891 da Padre Cacique.

    “O Inter é muito forte dentro de casa. A gente tem um grande retrospecto, a história diz. Temos que usar isso a nosso favor, principalmente em momentos decisivos. A gente conversou que, com o revés na Bolívia, os dois próximos jogos – um a gente já conseguiu vencer – ficaram muito mais importantes. Temos que tentar fazer os seis pontos a todo custo.”

    Marcelo Lomba

    Arbitragem 🧑‍⚖️

    Facundo Tello apita, auxiliado por Gabriel Chade e Ezequiel Brailovsky. Quarto árbitro: Nestor Pitana. Quarteto argentino.


    Rival 🆚

    Olimpia venceu a última rodada da Libertadores/Foto: DVG, Twitter Olimpia

    Adversário desta quarta-feira (05/05), o Olimpia conquistou importante vitória na última vez que foi a campo pela Libertadores. No Paraguai, o Decano virou para cima do Always Ready-BOL, com gols de Santa Cruz e Ortiz, e zerou seu saldo de gols no grupo B. De acordo com Victor Villalba, porém, o triunfo foi atingido mais pela garra do que por uma possível atuação envolvente dos locais.

    “O Olimpia perdeu para o Deportivo Táchira-VEN de forma surpreendente. Não estava nos planos. Depois, no Paraguaio, se recuperou ao ganhar do Guaraní. Foi um jogo aceitável, no máximo. E tem a última impressão deixada na Libertadores. Ganhou a partida contra o Always Ready, me parece, mais pelo peso da camisa do que por uma superioridade no aspecto do futebol.”

    Victor Villalba
    Veterano Roque Santa Cruz marcou o do empate na última quarta/Foto: DVG, Twitter Olimpia

    O duelo com o Always Ready-BOL foi o penúltimo disputado por ‘La O’. No sábado passado (01/05), a equipe perdeu para o Cerro Porteño, fora de casa, em nova edição do Superclássico paraguaio. O placar de 2 a 0 gerou intensas críticas a Sergio Órteman, ex-volante e atual comandante alvinegro.

    “O Olimpia chega com muitas dúvidas sobre rendimento. Contra o Cerro, jogou mal, com um esquema muito conservador do treinador. Foi um time que quase não chutou a gol. E o Órteman, na verdade, está tendo sua primeira grande oportunidade. A pergunta que fazíamos, e agora repetimos, é: está, realmente, Órteman preparado para assumir esse desafio?

    Victor Villalba
    Órteman assumiu o Olimpia no último mês de março/Foto: DVG, Twitter Olimpia

    Apesar das recentes oscilações, o Decano paraguaio conta com atletas que despertam grande confiança na torcida alvinegra. Jogador de três Copas do Mundo, Roque Santa Cruz desponta como o nome mais conhecido da equipe, mas muitos de seus companheiros de meio de campo também contam com prestígio junto ao público.

    “Depois do Roque, me parece que o jogador mais importante do Olimpia é Jorge Recalde. É um meia-atacante que tudo me faz imaginar que vá jogar como titular nesta quarta-feira, em Porto Alegre. Depois, no terceiro lugar, podemos colocar Alejandro Silva. Ultimamente, porém, ele anda irregular.”

    Victor Villalba

    Diante do Inter, Órteman deve contar com escalação inédita nesta edição da Libertadores. Os prováveis 11 nomes, de acordo com Victor Villalba, são: Olveira; Benítez, Alcaraz, Polenta e Iván Torres; Richard Ortiz, Néstor Camacho e Jorge Recalde; Roque Santa Cruz e Walter González. Roque, porém, ainda não tem sua presença confirmada.


    Classificação do grupo 🧮

    Goleada contra o Táchira valeu a liderança do grupo para o Inter/Foto: Ricardo Duarte

    Líder do grupo B, o Inter soma os mesmos três pontos de Olimpia-PAR, Deportivo Táchira-VEN e Always Ready-BOL, mas leva vantagem no saldo de gols, positivo em dois tentos. Uma vitória no Beira-Rio permitiria maior folga aos comandados de Miguel Ángel, que abririam distância para os paraguaios. Bolivianos e venezuelanos se enfrentam na quinta (06/05), às 19h, em La Paz.

    PJVEDGPGCSG
    1 – Inter32101422
    2 – Always Ready32101321
    3 – Olimpia32101440
    4 – Deportivo Táchira3210136-3
    Contra o Olimpia, Colorado quer seguir no topo/Foto: Ricardo Duarte

    Contra paraguaios ⏱️

    O Clube do Povo já disputou oito confrontos oficiais contra equipes paraguaias. Até hoje, a história registra cinco vitórias coloradas, dois empates e um único triunfo de times do país vizinho. O último duelo, inclusive, foi encerrado com alegria para a Maior e Melhor Torcida do Rio Grande, que festejou não apenas o 2 a 0 sobre o Libertad, mas também a classificação à final da Libertadores 2006.

    A derrota do Inter ocorreu justamente diante do Olimpia. Pelas semifinais da Libertadores de 1989, o Clube do Povo até largou em vantagem, graças a golaço de Luís Fernando, de bicicleta, no Defensores del Chacho, mas foi superado no Beira-Rio. Após 3 a 2 para os visitantes no tempo normal, o Alvinegro acabou eliminado nas penalidades.