• Notícias
  • Clube
  • Futebol
  • Serviços
  • Clube de Vantagens
  • Inter Store
    Associe-se

    Raio-X: Inter recebe o Athletico-PR na 32ª rodada do Brasileirão

    Inter recebe o Athletico neste sábado/Foto: Ricardo Duarte

    Segue a maratona no calendário! A partir das 19h deste sábado (13/11), o Clube do Povo enfrenta o Athletico-PR, no Beira-Rio, em partida da 32ª rodada do Brasileirão 2021. Confira entrevista da Rádio Colorada com Thays Klos, jornalista da Trétis, portal de notícias sobre o Furacão, projetando o duelo. A seguir, confira todas as informações sobre o embate!


    Vem pro Gigante! 🏟️

    Ainda existem ingressos à venda para o duelo deste sábado! Fundamental como de costume, o apoio da Maior e Melhor Torcida do Rio Grande já garantiu ao Inter 11 pontos nas cinco rodadas disputadas com público no Beira-Rio. Em busca de mais um resultado positivo diante do povo vermelho, o Colorado conta com a força das arquibancadas para encarar o Athletico-PR. Clique aqui e confirme sua presença no embate!

    O Beira-Rio te espera!/Foto: Ricardo Duarte

    Transmissão 📻

    Emissora oficial do Clube do Povo, a Rádio Colorada estará ao vivo, direto do Beira-Rio, a partir das 17h30 desta quarta-feira. Confira a programação da Mais Vermelha para a 32ª rodada do Brasileirão:

    Sábado (13/11)Plataforma
    17h30Raio-XInternet e App do Inter
    18hPortões AbertosInternet e App do Inter
    19hJornada EsportivaInternet e App do Inter
    21hVestiário VermelhoInternet e App do Inter
    Rádio Colorada transmite o duelo deste sábado/Foto: João Callegari

    As redes sociais do Inter acompanharão a partida com relato minuto a minuto enriquecido por imagens dos principais lances do jogo. Siga o Clube do Povo no Twitter, Instagram e Facebook!


    Vamo, Inter! 💪

    Patrick volta a ficar disponível neste sábado/Foto: Ricardo Duarte

    A preparação colorada para o duelo deste final de semana durou apenas dois dias. Após ser superado pelo Juventude, na última quarta-feira (10/11), pelo placar de 2 a 1, o elenco vermelho retornou de Caxias do Sul já na madrugada de quinta-feira. Horas depois, os trabalhos foram iniciados no CT Parque Gigante, palco que também sediou atividades na tarde desta sexta, responsáveis por encaminhar os titulares do embate diante do Furacão.

    Aguirre terá retornos e baixas para escalar o time/Foto: Ricardo Duarte

    Em relação aos atletas disponíveis para o embate no Jaconi, Aguirre contará com três retornos no Beira-Rio. Liberados após cumprir suspensão, o primeiro em consequência de expulsão no Gre-Nal e o segundo por acúmulo de cartões, Patrick e Saravia acompanham Moisés, plenamente recuperado de lesão muscular na coxa, na nominata concentrada desde a noite de sexta.

    Por outro lado, a lista de desfalques também recebeu acréscimos. Enquanto Taison segue em recuperação de luxação no ombro, Boschilia ficou de fora dos concentrados para realizar trabalho de equilibro muscular, e Yuri cumprirá suspensão pelo terceiro amarelo. Já na manhã deste sábado, Gustavo Maia foi cortado do jogo por uma gastroenterite, completando as baixas.

    Convocado para a Seleção, Edenilson irá a campo contra o Athletico/Foto: Ricardo Duarte

    Outros destaques na lista de relacionados são Edenilson, atleta convocado para a Seleção Brasileira na última sexta, mas que integrará o elenco canarinho somente a partir domingo e, portanto, não desfalcará o Inter no Gigante; e Nicolas. Atacante do Celeiro de Ases, o jovem de 20 anos foi chamado para o lugar de Maia em reconhecimento ao bom momento que vive no Brasileirão Sub-20, comprovado nos três gols decisivos que marcou no encerramento da primeira fase da competição.

    Relacionados

    Goleiros:
    Emerson Jr,
    Marcelo Lomba;

    Laterais-direito
    Heitor,
    Saravia;

    Zagueiros:
    Bruno Méndez,
    Gabriel Mercado,
    Kaique Rocha,
    Victor Cuesta,
    Zé Gabriel;

    Laterais-esquerdo:
    Moisés,
    Paulo Victor;

    Meio-campista
    Edenilson,
    Johnny,
    Mauricio,
    Patrick,
    Rodrigo Dourado,
    Rodrigo Lindoso;

    Atacante:
    Caio Vidal,
    Matheus Cadorini,
    Nicolas,
    Palacios;
    Nicolas (C) brilhou na reta final do Brasileirão Sub-20/Foto: Jota Finkler

    Além de marcar o encerramento da preparação colorada, a sexta-feira também contou com entrevista exclusiva de Moisés para o Canal do Inter. Na conversa, o jogador analisou o duelo diante do Athletico-PR, fazendo questão de destacar a relevância desse dentro da reta final do campeonato colorado, e ressaltou o papel que o apoio das arquibancadas pode desempenhar contra o Furacão.

    “É um jogo muito importante para a gente. Estamos em busca da Libertadores, sabemos da qualidade do adversário, e nos preparamos bem a semana toda. Chegamos de um resultado adverso, mas nosso time é muito forte dentro de casa, onde já temos 10 jogos sem perder, e vamos tentar continuar ao máximo com essa invencibilidade e buscar um resultado positivo.”

    Moisés

    Moisés ofereceu verdadeiro exemplo de devoção à camisa colorada neste início de mês de novembro. Após ter constatada, na semana retrasada, lesão muscular de grau dois na coxa esquerda, o defensor atingiu recuperação recorde para, em apenas sete dias, ficar disponível para o Gre-Nal 434. Titular no clássico, o lateral foi preservado da viagem ao Jaconi para concluir o tratamento da injúria. Agora, ele toma a própria dedicação como exemplo do que o grupo deve apresentar na luta pelo G6.

    “Eu tive uma lesão de grau dois no adutor, e seria muito difícil eu jogar, mas tive uma conversa com o professor e com todo o Departamento Médico. Queria muito estar no clássico e, graças a Deus, que me dá saúde, e a todo o trabalho feito pelo DM e fisioterapeutas, deu tudo certo. Me cuidei bem, também, e consegui estar apto. Sabemos que está na reta final, todo mundo tem que jogar, e isso mostra a força do grupo, pois todos querem ajudar.

    Moisés

    Jogo de seis pontos 📊

    Inter e Athletico-PR estão separados por apenas três pontos na tabela. Uma vitória sobre o rival, portanto, pode, além de manter o Clube do Povo, atual sétimo, na luta pelo G6 do Brasileirão, frear o ímpeto de rival igualmente interessado em vaga na Libertadores do próximo ano. Quem também vai a campo neste sábado é o Corinthians. Sexto colocado com 47 pontos (três a mais do que os comandados de Aguirre), o adversário, acompanhado com grande atenção pelo Colorado, recebe o Cuiabá, às 21h, na Neo Química Arena. Confira a classificação do país:

    Inter quer vaga no G6/Foto: Ricardo Duarte
    PJVEDGPGCSG
    4 – Fortaleza49311471040346
    5 – Red Bull Bragantino493212137473710
    6 – Corinthians47311211832293
    7 – Internacional44311111939336
    8 – Fluminense4231119112932-3
    9 – Athletico-PR4131125143840-2
    10 – América-MG41311011103233-1
    Colorado luta por vaga na Libertadores/Foto: Ricardo Duarte

    Arbitragem 👨‍⚖️

    Ramon Abatti Abel apita, auxiliado por Kleber Lucio Gil e Henrique Neu Ribeiro, trio catarinense. Quarto árbitro: Francisco Soares Dias, do Rio Grande do Sul. VAR: Rodrigo Dalonso Ferreira, também de Santa Catarina.


    Rival 🆚

    Furacão desembarcou em Porto Alegre na sexta-feira/Foto: Gustavo Oliveira

    Fosse disputado há duas rodadas, o confronto deste sábado envolveria um Athletico-PR ameaçado pela luta contra o rebaixamento. Desde então, porém, a equipe de Alberto Valentim conquistou uma dupla de vitórias que a afastou do Z4. Agora, o rival chega a Porto Alegre de olho na luta por vaga na Libertadores, mas especialmente focado nas finais de Sul-Americana, prevista para o próximo final de semana, e Copa do Brasil, que ocorrerá em dezembro.

    “Eu esperava uma temporada de 2021 mais tranquila do que foi 2020, mas não foi bem assim. Chegou até a assustar, com proximidade de zona do rebaixamento, mas, no fim, estamos chegando a duas finais de Copa. O Athletico voltou todas atenções às finais, para garantir vaga na Libertadores com um título – quem sabe dois. No Brasileirão, a gente teve um começo muito bom, que ajudou a sustentar na maior parte do Campeonato. Foi só agora que tinha começado a complicar.”

    Thays Klos
    Alberto Valentim comanda o Furacão/Foto: José Tramontin

    Muito da crescente rubro-negra passa pela boa fase do ataque atleticano. Nas última três partidas que disputou pelo Brasileirão, o rival marcou seis gols, amostragem construída graças, especialmente, a Renato Kayzer e Nikão. O primeiro, centroavante, anotou dois tentos no período, enquanto o companheiro ofereceu três assistências. Junto do uruguaio Terans, a dupla corresponde à grande parte do poder de fogo do Furacão.

    “O Terans foi o principal reforço, e que bom que ele e o Nikão se dão tão bem. Pena que ele não chegou antes para terem mais tempo juntos. É uma dupla mágica. Na frente, o Babi seria o grande candidato a titular. O Kayzer viveu momento de jejum, chegou a ser substituído em alguns jogos, até que, finalmente, conseguiu fazer gols. Até chorou, teve seu momento de desabafo, e achou o caminho das redes. Precisava dar aquela aliviada na pressão.”

    Thays Klos
    Kayzer vive momento artilheiro/Foto: Gustavo Olievira

    O desempenho da defesa também melhorou nas últimas partidas. Contratado no início de outubro, Alberto Valentim substituiu o português António Oliveira na casamata rubro-negra, que chegou a ser ocupada, no intervalo entre a saída de um e chegada do outro, por Paulo Autuori. Sob o comando do atual treinador, o colombiano Nico Hernández cresceu a ponto de virar titular e ratificar a importância do esquema com três zagueiros para o funcionamento do time paranaense.

    “O time já jogou com dois zagueiros, mas se encontra melhor quando atua com três. O Nico chegou aqui e não estava sendo muito utilizado. Dá pra dizer que foi um mérito do Valentim. E, no jogo contra o Flamengo, a gente até brincou que ele alugou um condomínio inteiro na cabeça do Bruno Henrique – e tem que ser assim! Jogo mata-mata.”

    Thays Klos
    Nico (E) superou Zé Ivaldo (D) na luta pela titularidade/Foto: Gustavo Oliveira

    Apesar da proximidade da final continental, o Athletico-PR não preservou jogadores na lista de relacionados para a jornada no Beira-Rio. Abner, suspenso, Canesin, com dores no tornozelo, e Erick, lesionado, são as únicas baixas no time de Alberto Valentim, que deve enfrentar o Inter com Santos; Pedro Henrique, Thiago Heleno e Nico; Marcinho, Christian, Cittadini e Pedrinho; Nikão, Kayzer e Terans.


    Protocolos 😷

    Torcida poderá acessar o pátio do Gigante por quatro portais/Foto: Ricardo Duarte

    A partida deste sábado será a segunda disputada pelo Inter no Beira-Rio após a flexibilização no decreto estadual que regula a presença de público nos estádios. Apto a receber 50% de sua capacidade – assim como no Gre-Nal -, o Gigante tornará a conviver com rígidos protocolos, adotados desde a chegada da torcida à casa colorada. Quatro portais serão ofertados para acesso ao pátio, localizados no Gigantinho, no Letreiro/Estátua, no Sunset e no Edifício Garagem.

    Os portais correspondem à primeira etapa de entrada no Estádio, sucedida pelas tradicionais catracas. No momento do acesso, o torcedor e a torcedora deverão portar documento de identificação com foto, comprovante de vacinação oficial e o E-Ticket gerado a partir da compra/reserva de ingresso. Dentro do Gigante, o público deverá respeitar o distanciamento indicado e permanecer de máscara.

    Uso de máscara é obrigatório no Beira/Foto: Ricardo Duarte

    Retrospecto 📖

    No Beira-Rio, Inter e Athletico-PR se encontrarão pela 73ª vez na história. Até aqui, o Colorado leva vantagem no retrospecto do confronto, com 29 vitórias contra 22 do rival. Vazado pelo Furacão em 81 ocasiões, o Clube do Povo já balançou 102 vezes as redes paranaenses.

    Inter leva a melhor no retrospecto do confronto/Foto: Ricardo Duarte