Associe-se

Raio-X: em Araraquara, Gurias defendem a liderança contra a Ferroviária

Domingo de visita à Ferroviária/Foto: Mariana Capra

Líderes do Brasileirão na abertura desta quarta rodada, as Gurias Coloradas enfrentam a Ferroviária, a partir das 18h deste domingo (27/03), na Fonte Luminosa. Confira entrevista da Rádio Colorada com Rafael Zocco, setorista das Guerreiras Grenás, e saiba tudo sobre as adversárias do Inter. Na sequência, confira as informações completas do embate.


Transmissão 📻

Ao vivo a partir das 17h, horário de apresentação do Raio-X, a Rádio Colorada acompanhará a visita das Gurias a Araraquara. Além da emissora oficial do Clube do Povo, as redes sociais coloradas (@guriascoloradasoficial no Instagram, @GuriasColoradas no Facebook e @ColoradasGurias no Twitter) cobrirão a quarta rodada do Nacional através de relato minuto a minuto do confronto. Com imagens, a TV Ferroviária anuncia transmissão.

ProgramaçãoPlataforma
17hRaio-XSite e APP do Inter
17h30Portões AbertosSite e APP do Inter
18hJornada EsportivaSite e APP do Inter
20hVestiário VermelhoSite e APP do Inter

Pra cima delas! 💪

Gurias estão prontas para visitar a Ferroviária/Foto: João Callegari

Única equipe com 100% de aproveitamento no Brasileirão, dona do melhor ataque e da melhor defesa: é assim que as Guria Coloradas chegam para a quarta rodada do Nacional, no embalo da liderança isolada que conquistaram na última segunda-feira (21/03), quando superaram o São Paulo, no Beira-Rio, por 2 a 0, gols de Millene Fernandes e Bruna Benites. Nos dois primeiros jogos que disputaram pelo torneio, as comandadas de Maurício Salgado também venceram o Cresspom-DF, em Porto Alegre, por 2 a 1, e a Esmac, em Belém-PA, pelo placar de 4 a 0.

A semana de preparação das Gurias para a quarta rodada, naturalmente encurtada pela disputa de partida na última segunda, presenciou, em seus primeiros dias, a realização de atividades regenerativas para as jogadoras que enfrentaram o São Paulo. À medida que o domingo se aproximava, o técnico Maurício Salgado, em conjunto aos pares de comissão, passou a comandar exercícios táticos, com foco na transição defensiva, e também técnicos, voltados às finalizações. Os treinos com bola contaram com a participação de atletas das categorias Sub-20 e Sub-17.

Em Araraquara, as Gurias seguirão desfalcadas da meio-campista Djeni Becker, ausente por precaução após sofrer com desconforto muscular nas últimas semanas. Já Mileninha e Biazinha, dupla convocada para a disputa do Sul-Americano Sub-20, foram autorizadas pela CBF, com quem já treinavam, a enfrentar a Ferroviária, e reforçarão a delegação colorada em solo paulista. Também liberada pela Seleção, Gabi Barbieri não integrará o elenco alvirrubro na Arena Fonte Luminosa, uma vez que a comissão tem o objetivo de oferecer maior experiência para a goleira Mari Zanella.

Maurício Salgado conversou de maneira exclusiva com a equipe da Rádio Colorada ao longo da semana de preparação para o duelo em Araraquara. Inicialmente, o técnico das Gurias celebrou o bom começo de campeonato do Clube do Povo, melhor da história do Inter na elite do futebol feminino brasileiro, mas reforçou que as vitórias conquistadas nas primeiras rodadas exigem que o elenco siga melhorando a cada jogo, de modo a atingir o que foi planejado no início da temporada.

Foto: João Callegari

“Evidente que a gente fica muito satisfeito, porque é algo que tínhamos planejado. No começo, elencamos que seria muito importante uma boa largada. Em uma competição igual, os pontos fazem diferença lá na frente. Então, o primeiro ponto é esse: estamos muito satisfeitos. E o segundo é a responsabilidade que temos de evolução. Começamos bem, e o desafio é se manter assim. Sabemos que é um campeonato muito igual, em que terão altos e baixos, mas elas estão muito conscientes de que o nosso time precisa evoluir se quiser chegar longe.”

Maurício Salgado

A força do elenco colorado, reforçado pela chegada de sete jogadoras no início da presente temporada, é continuamente atribuída como a principal qualidade das Gurias. Prova disso é a artilharia do Inter no Brasileirão, que conta com oito nomes diferentes, cada um autor de um gol. Sobre o grupo, Maurício Salgado destacou a união das atletas, mérito que definiu como exclusivo das próprias e que serve de diferencial na busca pela supracitada evolução contínua.

“Essa é uma situação na qual o mérito é total delas. A gente pode ter o discurso, mas ele só funciona se a prática acontecer, e o grupo do Inter tem esse DNA. Se ajuda muito. A gente sofre junto, e falamos muito que se conhece um vencedor na derrota. É um grupo que se cobra, aponta as deficiências, mas que se ajuda bastante. Isso é uma coisa que temos que manter, e que talvez seja o grande DNA do Inter.”

Maurício Salgado

Arbitragem 👨‍⚖️

Pietro Dimitrof Stefanelli apita, auxiliado por Miguel Cataneo da Costa e Robson Ferreira Oliveira. Quarto árbitro: Lucas Canetto Bellote. Quarteto da Federação Paulista de Futebol.


Rival 🆚

Adversárias estão invictas no Brasileirão/Foto: Jonatan Dutra/Ferroviária

Vice-líder do Brasileirão no início da rodada, a Ferroviária conquistou sete pontos nos três primeiros jogos da competição. Campeãs da Libertadores de 2020 no ano passado – o torneio foi disputado com relativo atraso por conta da pandemia do novo coronavírus -, as Guerreiras Grenás não conseguiram repetir o sucesso continental na primeira fase do Nacional de 2021, muito pela falta de uma pré-temporada consistente. Agora, melhor preparadas e reforçadas por importantes contratações, as adversárias das Gurias esperam dar continuidade ao bom momento para avançar aos mata-matas dentro do G4.

“Em 2021, quando a Ferroviária contratou a Lindsay Camila para substituir a Tatiele Silveira, não se teve um tempo muito adequado para a preparação para a Libertadores. Estava iniciando um trabalho e, em menos de um mês, já vinha uma competição, diferente de 2022, em que a Robertinha, que assumiu no meio da temporada passada, teve mais tempo para preparar a equipe. Para esse ano, e até por conta dos reforços que chegaram, o Clube galga chegar entre os quatro primeiros, porque isso te dá vantagem de ter o mando de campo na fase mata do Brasileiro.”

Rafael Zocco
Robertinha comanda as Grenás desde setembro de 2021/Foto: Tiago Pavini/Ferroviária

Funcionária da Ferroviária desde 2020, quando atuou como auxiliar de Tatiele, Roberta Batista assumiu a principal casamata afeana após breve trajetória frente às categorias Sub-16 e Sub-18. Conhecedora do DNA do clube, a profissional comanda o time adulto desde setembro passado, e já atingiu, com as Guerreiras Grenás, a terceira colocação na Libertadores e as semifinais do Campeonato Paulista, ambos em 2021. Em busca de grandes resultados em 2022, a técnica abriu o ano rodando sua dupla de zaga, mas deve encerrar o rodízio nesta quarta rodada, exatamente contras as Gurias.

“A Robertinha deixou bem claro, na coletiva, que agora, depois dessas três rodadas em que fez rodízio das zagueiras, ela pretende começar a escalar uma equipe definitiva. A Camila chegou e tomou conta, e creio que a outra titularidade está entre Ana Alice e Géssica. Creio que a primeira alternativa, agora, seja a Ana Alice, uma zagueira quase completa, mas que não tem uma qualidade tão boa no passe. É muito combativa, e consegue se antecipar às jogadas.”

Rafael Zocco
Ana Alice deve ser titular contra o Inter/Foto: Jonatan Dutra/Ferroviária

O meio de campo da Ferroviária, que sempre atua no esquema 4-3-3, também conviveu com mudanças ao longo das três primeiras rodadas do Brasileirão, especialmente na esquerda do tripé. Enquanto Luana segue titular na primeira função do meio de campo, e considerando que a recém-chegada Ingryd já se tornou um dos pilares do time como meia-direita, as jogadoras Suzane, Aline Milene e Rafa Mineira brigam pela posição restante, e cada uma teve 90 minutos para justificar o porquê de merecer vaga como titular.

A Ingryd é o reforço que faltou na temporada passada. Jogadora que faz o ‘box to box’, corre de uma área até a outra. Também é intocável nesse meio de campo. A Suzane tem feito um bom papel, trazendo mais articulação e com grande qualidade no passe. Já a Aline Milene é uma jogadora que carrega mais a bola, mas também eficiente. Características diferentes. Ela busca o drible. E a Rafa Mineira cadencia mais o jogo, busca muito o lançamento, e tem um poderio imenso em finalizações de fora da área e cobranças de falta.”

Rafael Zocco
Ingryd assumiu a titularidade afeana/Foto: Jonatan Dutra/Ferroviária

Diante do Inter, Roberta Batista deve escalar Aline Milene no meio de campo. Essa, pelo menos, é a aposta de Rafael Zocco, que acredita na velocidade da atleta como um importante diferencial para encarar o Clube do Povo. Desta forma, as prováveis titulares afeanas para a quarta rodada do Brasileirão são: Luciana; Carol Tavares, Ana Alice, Camila e Barrinha; Luana, Ingryd e Aline Milene (Suzane); Mylena Carioca, Laryh e Eudimila.


Palco 🏟️

Arte: Divulgação/Ferroviária

Oficialmente nomeada Adhemar Pereira de Barros, a Fonte Luminosa é a casa da Ferroviária desde junho de 1951. Com capacidade para 25.000 pessoas, o palco, que foi completamente revitalizado entre 2008 e 2009, receberá a Maior e Melhor Torcida do Rio Grande, neste domingo, no Setor 3. Gratuito, o acesso ao Estádio será liberado mediante doação de 1kg de alimento não perecível, roupas ou brinquedos.


Histórico do confronto 🔙

Djeni e Mari comemoram o primeiro gol no Beira-Rio/Foto: Mariana Capra

As Gurias jamais foram superadas pela Ferroviária. Após vitórias em Araraquara nos anos de 2019 e 2020, as coloradas receberam as Grenás em primeiro de maio do ano passado, data de partida válida pela quinta rodada do Brasileirão A1. No Beira-Rio, o time de Maurício Salgado largou na frente logo aos 15 do primeiro tempo, quando Mariana Pires acertou cobrança de falta no ângulo da meta de Luciana.

O segundo gol do Inter saiu aos 21, mas da etapa final, instante em que Rafa Travalão recebeu grande passe de Isa Haas e, pela direita da grande área, mandou chute forte e rasteiro. Indefensável! A bola parada voltou a balançar redes 10 minutos mais tarde, quando Rafa Mineira surpreendeu Vivi e, de muito longe descontou. Jogo tenso, mas aos 47 resolvido por Juliana, que saiu cara a cara com Luciana após assistência de Djeni Becker.

Gurias bateram a Ferroviária por 3 a 1/Foto: Mariana Capra

O mais recente confronto entre as duas equipes, contudo, integrou a Ladies Cup. Na segunda rodada do grupo B da competição, as equipes se enfrentaram no Estádio Municipal de Santana da Parnaíba, e as Gurias Coloradas saíram de campo vencedoras pelo placar de 2 a 0. Fabi Simões, servida por Mari Pires, e Maiara, após assistência de Rafa Travalão, marcaram, ainda no primeiro tempo, os gols do confronto.

Mai marcou gol no último confronto/Foto: Maurício Rummens/Brasil Ladies Cup