• Notícias
  • Clube
  • Futebol
  • Serviços
  • Clube de Vantagens
  • Inter Store
    Associe-se

    Pós-jogo | “Agradeço por tudo que tenho vivido no Internacional”, comemora Yuri Alberto após a goleada em cima da Chapecoense

    O domingo (10/10) foi de festa para a Maior e Melhor Torcida do Rio Grande, que celebrou o retorno ao Beira-Rio em grande estilo. Mais do que aproximar o Inter do G6, a goleada de 5 a 2 sobre a Chapecoense coroou os a devoção dos milhares que deram fim à espera de 581 dias pelo reencontro de Clube com povo. Após o jogo, personagens da vitória colorada exaltaram o papel desempenhado pelo Gigante na vitória maiúscula. Entre eles, Diego Aguirre, responsável por conceder coletiva à imprensa. Confira as principais aspas do comandante alvirrubro!

    Voltar para o Beira-Rio com torcida? É outra coisa. Os jogadores estavam felizes, e fizeram um grande jogo. Estavam motivados, e eu também me senti motivado com a festa que fizeram. Depois de muito tempo, um ano e meio sem público, foi um momento especial, e acho que os jogadores tiveram um rendimento ótimo pela conexão entre arquibancada e campo.

    Diego Aguirre

    “Hoje eu acabei um turno à frente do Inter, e acho que temos que ver como foi o rendimento na tabela desde que estou aqui. Penso que foi positivo. Mas, claro, temos que continuar melhorando, e isso não vai parar. Vamos continuar, pois existem muitas coisas por fazer ainda.”

    Diego Aguirre

    “Aproveitei para dar oportunidades, e foi um bom momento, também, para dar descanso aos que vêm jogando. Demos espaço aos meninos, foi muito boa a estreia do Cadorini, marcando um gol. Fico feliz por ele, ganhamos uma alternativa a mais. E também testei algumas ideias que tenho, como o Paulo Victor na segunda linha em algumas circunstâncias.”

    Diego Aguirre

    “Eu não falaria em trio, mas nos quatro. Mauricio, Taison, Yuri e Patrick fizeram um grande jogo, e a ideia é repetir o time para quarta-feira. Quando o nível dos jogadores exige, é preciso continuar. E, falando do Patrick, fiquei feliz com todo o estádio aplaudindo ele. Temos que continuar, tomara que com esse nível. O primeiro tempo foi excelente, espetacular. Talvez, um dos nossos melhores jogos.

    Diego Aguirre

    “Sobre Yuri, a verdade é que não me surpreende.

    Tenho falado muito dele, do profissionalismo.

    É um menino excelente, artilheiro, número nove de muito futuro.

    Tem somente 20 anos, já com uma personalidade,

    uma intensidade e uma determinação

    de um jogador muito, muito bom.”

    Diego Aguirre
    Diego Aguirre vibrou intensamente com o retorno da torcida colorada/Foto: Ricardo Duarte

    Dono de hat-trick na partida, sua primeira disputada diante do povo colorado, Yuri Alberto foi, sem sombra de dúvidas, um dos grandes personagens da vitória deste final de semana. O camisa 11, que confidenciara ao longo da semana de preparação para o confronto sua expectativa por balançar as redes junto da torcida, estava só sorrisos na exclusiva que concedeu para as redes do Inter após o apito final. Assista!

    “Agradeço por tudo que tenho vivido aqui no Internacional.

    Estou muito contente, a volta do público nos motivou bastante,

    e o resultado não podia ser melhor.”

    Yuri Alberto

    Preservado por Aguirre, Yuri foi substituído ainda no intervalo, oferecendo lugar para Matheus Cadorini. Cria do Celeiro de Ases, o camisa 18, que integrara o jovem elenco que disputou as primeiras rodadas do Gauchão desta temporada, foi a campo pela primeira vez com o grupo principal. Se debutar diante da torcida já seria naturalmente emocionante, o momento ficou ainda mais especial aos 12 minutos, quando o atacante marcou bonito gol de cabeça e cumpriu profecia feita por sua mãe. Saiba mais:

    “Aqui é Inter, um Clube gigante.

    Sou muito grato por essa oportunidade.”

    matheus cadorini

    O cara que é a cara do Clube que é do povo. Taison não jogava para a Maior e Melhor Torcida do Rio Grande desde a inesquecível noite de 18 de agosto de 2010, data em que o Inter se sagrou Bi da América. Ao ritmo dos milhares que ovacionaram cada toque que deu na bola, o ídolo retribuiu o carinho emanado pelo Beira-Rio neste domingo com mais uma excelente atuação, referendada por gol e assistência. Depois do jogo, o 10 fez questão de celebrar a sinergia entre campo e arquibancada! Veja:

    Um ídolo não se constrói apenas pelo desempenho dentro de campo. Taison, como poucos, comprova. Craque multicampeão, ele dispensa qualquer honraria no trato com a torcida. Neste domingo, o sempre irônico destino fez questão de que Dona Vera, uma velha conhecida de telefonemas do craque, fosse a primeira colorada a pisar no Beira-Rio. Entrevistada pela Rádio Colorada, ela rememorou sua paixão pelo 10 alvirrubro, que retribuiu o carinho com um recado de puro sentimento após o jogo.

    Do Clube…

    “Dona Vera! Venho aqui te agradecer pelo carinho. Te ver novamente no Estádio é um orgulho imenso. Um beijo grande do amigo Taison, que Deus te abençoe, e se cuide, viu? Te espero na quarta!”

    Taison
    … para o povo!

    Outro nome alçado a campo no intervalo foi o lateral-direito Heitor. Revelado pela base do Internacional, o atleta, antiga figura frequente nas arquibancadas do Beira-Rio, ofereceu assistência primorosa para o gol de Cadorini. Encerrado o confronto, o jogador/torcedor foi mais um a comemorar o reencontro do elenco com o povo mais apaixonado do país.

    “É uma sensação diferente. No banco, estávamos comentando que era de arrepiar. Ver eles gritando o nosso nome dá uma motivação a mais, e a gente pôde contribuir com uma grande vitória. Soubemos aproveitar as oportunidades. Brinquei com o Osmar (Loss) que o próximo escanteio eu iria bater e dar uma assistência. O Cadorini foi feliz também, e a gente comemorou junto!”

    Heitor

    Para encerrar um começo de tarde inesquecível para a instituição, nada melhor do que uma efusiva declaração de nosso presidente. Alessandro Barcellos compartilhou com a torcida os méritos da goleada, e fez questão de convocar o público para as próximas jornadas do calendário colorado. A luta, há de se registrar, continua já na próxima quarta-feira (13/10), quando o Inter receberá, diante de sua gente, o América-MG.

    VAMO, INTER!