• Notícias
  • Clube
  • Futebol
  • Serviços
  • Clube de Vantagens
  • Inter Store
    Associe-se

    Marcos Guilherme comemora chegada ao Inter: ‘Estou pronto, com a ideia de fazer história no Clube’

    Meia-atacante colorado com contrato vigente até o final de 2022, Marcos Guilherme foi oficialmente apresentado na manhã desta terça-feira (14/01), após participar, no gramado do CT Parque Gigante, da primeira parte das atividades do sétimo dia de pré-temporada do grupo profissional. Contratado pelo Clube do Povo após passagem pelo Al-Wehda, da Arábia Saudita, o atleta comemorou, em sua primeira coletiva como jogador do Inter, a oportunidade de vestir o manto alvirrubro: “gostaria de salientar meu orgulho e alegria em estar aqui neste momento, vestindo essa camisa. Estou muito pronto, e com a ideia de fazer história no Clube”.

    Responsável por introduzir a coletiva de apresentação, Alessandro Barcellos comentou sobre a experiência de Marcos, definido como um jogador que, embora jovem por seus 24 anos, exibe grande experiência, fruto de sua “minutagem em equipes importantes”. Reforçando o profissionalismo do meia-atacante, que já fora sondado pelo Clube em outras oportunidades, o diretor executivo Rodrigo Caetano destacou que, embora atuando no futebol árabe, o atleta já vinha se preparando para retornar a um mercado com nível maior de exigência, como o brasileiro. “Mesmo no futebol árabe, por perceber o diferente nível de exigência, Marcos contava com um staff de profissionais que lhe ofereciam um suporte a mais”. As afirmações, inclusive, foram retificadas pelo reforço, que tem consciência dos passos que deseja seguir na carreira: “tenho objetivos, desejos de chegar em um nível muito alto, por isso segui me preparando. Tudo o que montei foi para poder estar aqui hoje, num gigante como o Inter”.

    Confira os principais trechos da coletiva:

    Alessandro Barcellos

    “Boa tarde a todos e todas. Em nome da diretoria do Sport Club Internacional, da vice-presidência de Futebol, estamos aqui hoje para anunciar o atleta Marcos Guilherme. Aproveito para seguir reforçando o que eu e o Rodrigo temos anunciado: nossa política de reforços, muito baseada naquilo que são características e necessidades pontuais da equipe. Temos trabalhado com processos, envolvendo profissionais do Clube e comissão técnica, o que tem sido importante e rico, nos possibilitando buscar reforços que ofereçam à equipe do nosso treinador, Coudet, a competitividade e as características que ele vem buscando.”

    “Marcos Guilherme trata-se de uma convicção do Clube. Um atleta que retorna ao Brasil jovem, mas com experiência, com muita minutagem em equipes importantes. Portanto, seja bem-vindo. Como te dissemos pessoalmente, estamos acreditando muito no teu potencial. Podes ter certeza que terás aqui um Clube com estrutura importante, uma torcida vibrante, e com o ambiente necessário e propício para que possa nos ajudar nesse ano de 2020. Estaremos juntos nessa caminhada.”

    Rodrigo Caetano

    “Boa tarde a todos. Já faz algum tempo, e por isso reforçamos a questão do processo, que nosso departamento de prospecção e análise de atletas vem monitorando o nome do Marcos. Fizemos algumas tentativas anteriores, mas fomos ter sucesso nessa janela. Por ser uma conviccção, adquirimos 80% dos direitos do jogador, em uma forma de pagamento que é a possível ao Inter nesse momento, não dificultando em nada a realidade que nós temos.”

    “Foi decisivo o desejo dele em retornar ao Brasil, vindo ao Inter. Sempre digo que não basta só a gente querer o atleta aqui, mas também é decisiva a ideia dele em querer estar conosco. Feitas essas considerações, o que me resta dizer é que espero que essas questões de conviccção sejam retribuídas dentro de campo, pois quanto ao profissionalismo dele não temos nenhuma dúvida. Esperamos que, o mais rápido possível, esteja no nível dos demais. Para se ter ideia do nível de profissionalismo, inclusive, por mais que tenha chegado alguns dias depois, ele, mesmo no futebol árabe, por perceber o diferente nível de exigência, contava com um staff de profissionais que lhe ofereciam um suporte a mais. Um investimento pessoal dele, que diminui qualquer impacto. Damos as boas-vindas e torcemos para que seja o Marcos Guilherme que a gente sempre esperou.”

    Rodrigo Caetano (E), Marcos Guilherme e Alessandro Barcellos

    Marcos Guilherme

    Sobre o Inter:

    “Boa tarde a todos, muito obrigado pela presença. Gostaria de salientar meu orgulho e alegria em estar aqui neste momento, vestindo essa camisa. Agradecer ao Inter, já tem um tempo que temos conversado. Nas outras vezes, infelizmente, não deu. Mas agora, com todo esforço e vontade, tanto do Clube quanto minha, pude escolher esse projeto, onde estou muito feliz.”

    “Escolhi o Inter por todo esforço que o Clube tem feito há algum tempo, então podem ter certeza que eu, minha família, meus amigos, todos estamos muito contentes em estar aqui.”

    “Minha satisfação está em poder retornar ao Brasil, principalmente em um gigante que é o Internacional, campeão do mundo. Gostaria de jogar em alto nível. Mesmo da Arábia, até por essa questão de negociações, acompanhei o Inter a fundo. Chego muito pronto, tive um staff para estar comigo e, assim, não ficar em um nível abaixo. A gente vê, muitas vezes, jogadores voltando da Arábia, China… com dificuldades físicas e técnicas, então me preparei para esse momento. Estou muito pronto, e com a ideia de fazer história nesse Clube.”

    A condição física em que se apresenta:

    “Quanto ao staff, tenho um fisioterapeuta que morou comigo na Arábia e também virá aqui para Porto Alegre. Além dele, um preparador físico. Como tenho objetivos, desejos de chegar em um nível muito alto, segui me preparando. Tudo o que montei foi para poder estar aqui hoje, num gigante como o Inter, para disputar o que tiver para disputar. Precisava estar preparado.”

    “A diferença entre o que jogamos aqui no Brasil é muito grande em relação à Arábia. Temos toda uma competitividade aqui, seja em Brasileirão, Libertadores ou mesmo Estadual. Vai do jogador se preparar para os objetivos que tem na carreira.”

    Características:

    “Sou um atleta muito intenso, tenho a característica da velocidade. No futebol de hoje em dia, o atacante também precisa recompor, marcar, e quanto a isso não tenho problema nenhum. Gosto muito dessa parte tática e estou disposto a aprender com Coudet e os jogadores mais experientes. Muito contente com esse desafio.”

    “Com relação a posicionamento, estou disposto a ajudar. Depende do treinador, mas estou muito preparado, independente se tiver que atuar por fora, por dentro ou como segundo atacante. Com toda certeza, Coudet pode contar comigo para o que precisar.”

    “Não costumo falar muito de metas. Gosto de focar mais na performance, no que posso produzir para a equipe. O que puder ajudar, em entrega, nunca vai faltar. Gols, assistências, tudo é consequência do meu trabalho. No que puder ajudar, estarei presente para isso.”

    “Tenho que melhorar sempre. O que faço de bom, devo evoluir. No que estou devendo, ainda mais. Eu tenho muito claro que quero ajudar. Sou atacante, lógico que gosto de fazer gols, dar assistências, mas existem outras formas de ajudar. Vou me preparar no dia após dia para que, dentro de campo, as coisas saiam naturalmente.”

    Expectativa:

    “Desde o Athletico eu consigo fazer muitos jogos em sequência, no São Paulo e na Arábia também. É difícil machucar, tenho uma recuperação muito boa, e espero repetir isso aqui no Inter. Quanto mais tempo dentro de campo, mais jogos atuar, melhor.”

    “A intensidade dos tabalhos do técnico Coudet, até então, ainda não tinha visto igual. As atividades são muito fortes, e isso, com toda a certeza, vai ser um diferencial da equipe para a temporada.”

    Marcos Guilherme iniciou sua trajetória profissional no Athletico-PR em 2013, estreando na equipe principal aos 17 anos de idade. No clube paranaense, foi destaque durante quatro temporadas, o que rendeu convocações para a Seleção Brasileira Sub-20, que disputou o Sul-Americano e Mundial da categoria no ano de 2015. Após, o atleta se transferiu para o Dínamo Zagreb, da Croácia, por empréstimo. No retorno ao Brasil, acertou sua ida para o São Paulo, onde estreou, no dia 29 de julho de 2017, marcando dois gols em vitória diante do Botafogo, por 4 a 3. No tricolor paulista, alcançou a marca de atuar por 43 partidas consecutivas. No total, fez 49 jogos, marcando 9 gols.

    O bom rendimento chamou a atenção do Al-Wehda-ARA, que tinha Fábio Carille como técnico. A equipe árabe fez um alto investimento para adquirir o atleta em definitivo no meio de 2018. No último clube, Marcos Guilherme totalizou 46 partidas e 11 gols.

    Ficha técnica do atleta:

    Nome: Marcos Guilherme de Almeida Santos Matos

    Nascimento: 05/08/1995

    Natural: Itararé-SP

    Altura: 1,73m

    Carreira

    2013 | Athletico-PR

    2016 | Dinamo Zagreb (CRO)

    2017 | São Paulo

    2018 | Al-Wehda (ARA)

    Conquistas

    2016 | Campeonato Paranaense