• Notícias
  • Clube
  • Futebol
  • Serviços
  • Clube de Vantagens
  • Inter Store
    Associe-se

    Com show de SuperEd, Inter vence o Athletico por 2 a 1 no Beira-Rio

    Ele tá demais! Ele é de Seleção! Com dois gols de Edenilson, o Clube do Povo superou o Athletico-PR, na noite deste sábado (13/11), em partida da 32ª rodada do Brasileirão. A vitória de 2 a 1, conquistada de virada, leva o Colorado aos 47 pontos na tabela, e aproxima o time de Aguirre do G6 do país. Agora, o Inter volta suas atenções ao Cuiabá, adversário na próxima quinta-feira (17/11), na Arena Pantanal, às 19h.


    Adversário incomoda, mas Inter pressiona

    A história do primeiro tempo pode ser dividida em dois capítulos. O primeiro, vivenciado até o minuto 15, contou com maior posse do lado visitante, que conseguia envolver o Internacional e criar espaços para arrematar da entrada da área vermelha. O segundo momento do confronto foi de domínio colorado. Afinal, mesmo dono da bola, o Clube do Povo conseguia agredir em velocidade a zaga atleticana, que sofria tanto nas costas de Pedrinho, ala-esquerdo, quanto para conter Moisés e Patrick, intensos para incomodar a direita da defesa rival.

    Centralizado nas costas de Cadorini, o chileno Palacios voltou a ter boa atuação com a camisa do Inter. Aos 21, ele pegou a sobra de corte da zaga e exigiu defesa segura de Santos, que dois minutos mais cedo quase fora vazado por testaço de Lindoso. Pouco depois, Carlos foi garçom de Patrick, que saiu de cara com o goleiro, fintou o goleiro, mas chutou sem direção. Quando o tento colorado parecia iminente, Terans fez bonita jogada individual para inaugurar a conta.

    A desvantagem pouco impactou o anímico do time de Aguirre, que empatou aos 39. Moisés, em velocidade pela esquerda, deixou a marcação comendo poeira e cruzou rasteiro. Na altura da meia-lua, Palacios recebeu e, de primeira, acelerou até Edenilson, que encheu o pé diante da saída de Santos. Zagueiro responsável pela cobertura, Pedro Henrique até conseguiu desviar a bola, mas sem impedir que ela balançasse as redes paranaenses. Placar final do primeiro tempo: 1 a 1!


    O SuperEd tá demais

    Se o Athletico-PR conseguiu conter o ânimo vermelho no início do primeiro tempo, o mesmo não se pode dizer da abertura da etapa final. Insinuante, o Clube do Povo martelou desde o reinício do confronto, uma vez mais apostando na força do trio de meias formado por Edenilson, Palacios e Patrick. O gol da virada, contudo, custava a sair, motivando Aguirre a colocar Mauricio na vaga de Cadorini.

    A troca aumentou a presença colorada na região central do campo, e foi recompensada em poucos minutos. Aos 19, Johnny e Mauricio tabelaram com estilo até o camisa 27 invadir a área. Travado pela marcação, o arremate do meio-campista encontrou rebote no pé direito de Edenilson, que finalizou de cobertura para anotar o segundo seu e do Inter na noite. Em vantagem, Aguirre colocou Heitor e Mercado, redesenhou a defesa com três zagueiros, e garantiu os três pontos.


    Primeiro tempo

    4min – UH! Palacios arma contra-ataque colorado, tabela com Edenilson e, da entrada da área, finaliza com a canhota. Sem direção, ela sai em tiro de meta.

    7min – Terans avança pelo centro da intermediária ofensiva e chuta forte. Ao lado da meta de Lomba, ela saiu com perigo.

    14min – SANTOS! Inter dispara pela direita com Cuesta, que aciona Edenilson. Camisa oito, ao lado da grande área, cruza rasteiro. Antes de Cadorini, goleiro atleticano faz a defesa.

    19min – PRA FOOOOOOOOOOOOORA! Patrick recebe de Moisés, investe contra Marcinho e, pela esquerda da grande área, cruza com açúcar. Na segunda trave, Lindoso desvia com liberdade, mas tira demais da meta e ela sai ao lado do poste.

    21min – SAAAAAAAAAALVA A ZAGA! Cadorini se livra da marcação e cruza rasteiro da direita. Patrick ganha a dividida e chuta, mas bloqueado por Pedro Henrique. Na volta, o rebote é de Palacios, que exige defesa de Santos.

    23min – Bruno Méndez apresenta a sola e é advertido. Amarela para o uruguaio.

    25min – Marcinho repete a solada, e a arbitragem repete o amarelo. Agora, para os visitantes.

    28min – QUAAAAAAAAAAAASE O COLORADO! Edenilson fica com a sobra após escanteio cobrado pelo Athletico e aciona Palacios. O chileno dá ainda mais velocidade ao lance, dribla a marcação e encontra Patrick, que sai de cara com Santos, ganha ângulo para a perna direita e chuta rasteiro. Na rede, de fora!

    29min – Kayzer aparece com liberdade na área colorada, mas finaliza sem direção. Assustam os visitantes!

    35min – Contra-ataque atleticano acionado por Santos, que lança Terans. O uruguaio invade a área pela direita, corta para dentro e finaliza seguro.

    39min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DE SELEÇÃO! É DE CRAQUE! É DE JOGADOR COLORADO E CANARINHO! ED, ED, ED, SUPERED! A jogada começa em altíssima velocidade e é armada por Moisés, que arrasta a marcação pela esquerda e inverte o jogo pelo chão. De primeira, Palacios, na meia-lua da grande área, só ajeita para Edenilson, que finaliza de primeira. Batido, Santos apenas assiste Pedro Henrique desviar, mas não impedir o gol colorado. Tudo igual no Gigante!

    Assim a Rádio Colorada narrou o gol de empate do Inter

    42min – E o Inter não para! Saravia faz boa tabela com Palacios pela direita e cruza aberto. A zaga tira, mas a sobra é de Moisés, que emenda de primeira. Ao lado!

    43min – Com dores, Lindoso deixa o campo. Vem Johnny.

    45min – Mais três! Vamos a 48.

    46min – Cittadini recebe cruzamento de Marcinho e finaliza para fora.

    48min – Intervalo no Gigante!


    Segundo tempo

    0min – Athletico volta com mudança: Pedro Rocha por Nikão.

    2min – O homem não é de Seleção por acaso! Edenilson domina bola espirrada com enorme classe e, sem deixar ela cair, enche o pé. Santos encaixa.

    3min – Ele tá afim de jogo! Palacios costura a zaga pela esquerda da entrada da área e finaliza rasteiro. Saiu com perigo!

    5min – UUUUH! Patrick escapa pela esquerda e cruza na direção de Cadorini. Antes dele, Pedro Henrique, em desabalada carreira, afasta pela linha de fundo.

    11min – Muda o Inter! Mauricio entra, Cadorini sai.

    19min – É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! COMO JOGA O MEU CAMISA OITO! COMO JOGA EDENILSON! O MEU OITO É BRABO! O MEU OITO É CRAQUE! O MEU OITO É DE SELEÇÃO! SUPEREEED! Inter tabela com muito estilo pelo centro do gramado. Johnny, responsável pelo desarme no campo de ataque, tabela com Mauricio e aciona o camisa 27 com passe de gancho. O meia tenta o chute, é travado, mas o rebote fica com Edenison, livre na direita da área paranaense. Santos tenta abafar o chute, mas toma de cobertura! Golaço!

    O golaço de Edenilson foi assim comemorado nos microfones da Colorada

    24min – Thiago Heleno acerta Palacios sem bola e recebe o amarelo.

    26min – Kayzer e Thiago Heleno saem no Furacão. Carlos Eduardo entra, bem como Zé Ivaldo.

    31min – Heitor por Saravia, Mercado no lugar de Palacios. Muda Aguirre.

    31min – Palacios leva o amarelo por retardar a saída.

    33min – Cuesta e Moisés amarelados por reclamação.

    36min – Bissoli e Jáder são as últimas novidades no Furacão. Saíram Christian e Pedro Henrique.

    39min – Terans e Mauricio amarelados. Mais confusão.

    45min – Vamos a 50! Mais cinco.

    46min – Dourado recebe o amarelo.

    50min – ACABOU! INTER VENCE!


    Ficha técnica:

    Internacional (2): Marcelo Lomba, Saravia (Heitor), Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés; Edenilson, Rodrigo Lindoso (Johnny), Rodrigo Dourado e Patrick; Palacios (Mercado) e Matheus Cadorini (Mauricio). Técnico: Diego Aguirre.

    Athletico-PR (1): Santos; Pedro Henrique (Bissoli), Thiago Heleno (Zé Ivaldo) e Nico Hernández; Marcinho, Christian (Jáder), Cittadini e Pedrinho; Nikão (Pedro Rocha), Renato Kayzer (Pedro Rocha) e Terans. Técnico: Alberto Valentim.

    Gols: Edenilson, aos 39’/1ºT e 19’/2ºT (I). Terans, aos 35’/1ºT (A).

    Cartões amarelos: Bruno Méndez, Palacios, Cuesta, Mauricio, Rodrigo Dourado e Moisés (I). Marcinho, Terans e Thiago Heleno (A).

    Arbitragem: Ramon Abatti Abel, auxiliado por Kleber Lucio Gil e Henrique Neu Ribeiro. Quarto árbitro: Francisco Soares Dias. VAR: Rodrigo Dalonso Ferreira.

    Estádio: Beira-Rio.

    Público: 10.046. Pagantes: 7.595. Adversária: 30. Menores: 160. Não pagantes: 2.261

    Renda: R$ 368.000,00

    Imagens

    Fotos: Ricardo Duarte