Associe-se

Gurias largam em vantagem na final do Brasileirão Sub-17

Clarinha marcou o gol da vitória na Vila Belmiro/Foto: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

Vitória gigante na Vila Belmiro! As Gurias Coloradas superaram o Santos por 1 a 0, nesta noite de quinta-feira (28/04), e largaram em vantagem na final do Brasileirão Feminino Sub-17! Clarinha marcou seu sexto gol no Nacional e garantiu o triunfo do Clube do Povo no jogo de ida da decisão. A partida de volta, que decidirá a taça, está marcada para o próximo domingo (1º/05), às 11h, no Sesc. Clique aqui para confirmar sua presença de maneira gratuita no confronto!

Ouça o gol de Clarinha na narração da Rádio Colorada

Ligadas desde o primeiro apito, as Gurias marcaram um gol histórico na casa santista. Logo aos 14 segundos, o Inter tirou o zero do placar após Clarinha pressionar a saída de jogo das Sereias, desarmar Marzia Coutinho, invadir a grande área e, de frente para a goleira Rayssa, finalizar sem chance de defesa. Pela sexta vez na competição, a camisa 11 balançava as redes rivais, empatando com Alice na artilharia do torneio. Vantagem relâmpago no litoral paulista!

As Sereias da Vila, embora apoiadas por sua torcida, sentiram o baque com o precoce vazamento de sua defesa, abatimento aproveitado pelas Gurias, que seguiram donas do jogo até o minuto 20. Em novo desarme no campo de ataque, Clarinha quase marcou o segundo, mas foi travada pela marcação adversária. Berchon, cobrando falta pela intermediária direita, também passou perto de ampliar, bem como Priscila, mais uma bloqueada pela zaga.

Camisa 11 soma seis gols no Brasileirão Sub-17/Fotos: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

O time da casa contou com reforços importantes para a partida desta quinta. Recentemente campeãs do Sul-Americano Sub-20 com a Seleção, ao lado das coloradas Biazinha, Mileninha e Gabi Barbieri, a meio-campista Gi Fernandes e a atacante Analuyza foram escaladas como titulares pela técnica Sandra dos Santos. O nível da dupla cresceu na reta final do primeiro tempo, e conduziu as Sereias ao ataque, deixando o jogo bastante indigesto para o Inter.

Aos 25, Gi escapou pela ponta-direita de ataque e cruzou bola rasteira. Perigosa, a assistência foi cortada por Carla. Pouco depois, na casa dos 30, a camisa 11 Julia teve duas oportunidades pelo corredor esquerdo. A primeira, finalizada com curva, tirou tinta do poste de Bianca. A segunda, arrematada sem ângulo, cruzou toda a extensão da área colorada, mas saiu pela lateral.

Ativo na frente, o Santos quase pagou um preço caro por sua postura ofensiva aos 36. Neste minuto, primeiro dos três acrescidos à etapa inicial, Priscila e Alice fizeram grande tabela pela direita, suficiente para dominar a área paulista. No último toque, porém, a centroavante teve cortado seu passe para a companheira. A resposta das Sereias chegou aos 37, quando Bianca salvou chute perigoso de Isa Viana. Chegava o intervalo.

Bianca segue invicta no Brasileirão Sub-17/Foto: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

O ritmo de trocação dos acréscimos do primeiro tempo imperou durante praticamente toda a etapa final. A primeira chance pertenceu às Sereias, que assustaram em cabeceio de Fernandes, seguramente defendido por Bianca. No minuto seguinte, o time da casa quase fez contra, mas escapou, graças a corte em cima da linha da zagueira Mazzoti, de sofrer o segundo gol.

Combativa na frente, a atacante Alice, que muito incomodava a zaga local, precisou deixar o campo aos 11, lesionada após sofrer forte pancada. Em seu lugar, entrou Bruna Wink, que reforçou a compactação colorada. Mais tarde, David da Silva chamou Teté para o jogo. A atleta, que substituiu Clarinha, deu maior imposição ao corredor direito, e quase foi garçonete de Berchon, que chutou com perigo, mas para fora, aos 28.

Berchon empunhou a braçadeira de capitã/Foto: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

Enquanto a exaustivamente forçada bola aérea santista fracassava na consistência de Bianca, a velocidade de Priscila conseguiu assustar a defesa rival nos últimos minutos de partida. Atenta à insegurança da goleira rival para jogar com os pés, a atacante, que integra o elenco profissional das Gurias, manteve o Inter atento à saída de bola adversária, e quase repetiu Clarinha para marcar após desarme aos 35. A finalização, desta vez, saiu mascada, encerrando o último lance de perigo da noite.

Até aqui, as Gurias somam seis vitórias nos seis jogos disputados pelo Brasileirão Sub-17. Com 22 gols marcados e nenhum sofrido, as coloradas têm a vantagem do empate para a partida de volta. Triunfo das Sereias por diferença mínima, independente do placar, levará a decisão para os pênaltis, ao passo que demais resultados interessam ao time paulista. Vamos em busca da taça, guerreiras!

Empate interessa ao Inter na luta pelo troféu/Foto: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

Ficha técnica:

Internacional (1): Bianca; Joana (Fridrich), Guta, Carla e Erica Gomes; Mika (Karol), Danny Teixeira e Berchon; Clarinha (Teté), Alice (Bruna Wink) e Priscila. Técnico: David da Silva.

Gol: Clarinha, aos 14”/1ºT (I).

Cartões amarelos: Joana (I).

Arbitragem: Marianna Nanni Batalha, auxiliada por Alberto Masseira e Robson Oliveira. Quarto árbitro: José Almeida e Souza.

Estádio: Vila Belmiro-SP.

Imagens

Fotos: Rebeca Reis / Staff Images Woman / CBF