• Notícias
  • Clube
  • Futebol
  • Serviços
  • Clube de Vantagens
  • Inter Store
    Associe-se

    Gurias encerram primeira fase do Gauchão com goleada

    Inter superou o Juventude por 13 a 0 neste sábado/Foto: João Callegari

    As Gurias Coloradas deram show na tarde deste sábado (30/10)! No Estádio do Sesc, o Clube do Povo superou o Juventude, em partida da sexta rodada dos grupos do Gauchão, pelo placar de 13 a 0. Rafa Travalão e Mileninha, três vezes cada, Priscila, responsável por enviar duas bolas às redes, e Fabi Simões, Wendy, Leidi, Djeni e Maiara marcaram os gols da vitória do Clube do Povo, que com o resultado avança para as semifinais do Estadual na liderança isolada da chave B.

    Os gols das Gurias na narração da Rádio Colorada

    Donas de impecável aproveitamento de 100%, com seis vitórias na fase de grupos, as Gurias enfrentarão o Brasil de Farroupilha na luta por vaga na decisão do Rio Grande. Vice-líder da chave A, o rival serrano abrirá a disputa como mandante, enquanto as coloradas serão locais na volta. Em 2021, as comandadas de Maurício Salgado buscam conquistar o Estadual pelo terceiro ano consecutivo.

    Gurias encerraram primeira fase na liderança isolada do grupo/Foto: João Callegari

    Carrasca, Rafa brilha no primeiro tempo

    Até o início da partida deste sábado, Rafa Travalão somava dois gols no Gauchão, ambos marcados diante do Juventude. Iniciado o confronto do Sesc, a camisa 11 precisou de apenas seis minutos para anotar mais um e comprovar sua vocação para carrasca do Papo. Servida por Djeni, a atacante, que no primeiro tempo formou dupla com Fabi Simões, dispensou o domínio para finalizar na saída da goleira Mari e abrir a conta.

    O segundo do Inter também foi marcado por Rafa, mas merece ter seus méritos estendidos a todo o corredor direito do time colorado. Após tabela entre Sorriso e Bruna Benites, Shashá recebeu rente à linha lateral e espichou jogo até Leidi. Vertical, a lateral foi ao fundo e cruzou rasteiro para Travalão, que mandou sem chances de defesa. Aos 34, a camisa 11 fechou a conta da etapa inicial. De bico, a artilheira da tarde recebeu de Fabi Simões, que enfileirara três adversárias, para estabelecer o primeiro hat-trick do sábado alvirrubro.


    Como parar Fabi Simões?

    Fabi comandou o ataque no reinício do confronto/Foto: João Callegari

    Se o primeiro tempo teve como protagonista a dona da camisa 11 colorada, o reinício do confronto ficou marcado pelo brilho da sete vermelha. Após linda inversão de Bruna Benites, Shashá tabelou com Ari por cima e, dentro da área, pela esquerda, passou na medida para Fabi Simões. Na quina do pequeno retângulo, a craque usou do domínio para enquadrar o corpo e, sem titubear, finalizou colocado.

    A dobradinha Shashá/Fabi brilhou voltou a brilhar no minuto nove. Mais uma vez assistida pela companheira, Simões deixou a marcação comendo poeira e saiu de frente com a goleira antes de sofrer toque da zagueira adversária. Dentro da área, a irregularidade foi flagrada pelo árbitro, que indicou pênalti. Responsável pela cobrança, Djeni Becker fez questão de sanar a eterna dúvida, deixando claro que existem golaços marcados a partir da marca do cal.

    Camisa oito fez o quinto/Foto: João Callegari

    Após brilhar pela esquerda, Fabi decidiu dar show no corredor direito. Aos 11, ela só não investiu em direção à linha de fundo por conta de nova pancada imposta pela zaga esmeralda. Dentro da área como a predecessora, a irregularidade foi cobrada por Leidi, que impediu qualquer esperança de defesa por parte de Mari e marcou o sexto das Gurias.

    Leidi marcou o sexto/Foto: João Callegari

    Brilham as promessas

    O gol de Leidi foi sucedido por três trocas no time colorado. Enquano Ariane e Isa Haas já haviam entrado no intervalo, Maiara, Wendy e Mileninha foram alçadas a campo no minuto 12, e cobraram míseros 120 segundos para começar a ocupar espaço de destaque na súmula da partida. Após bonita jogada de Shashá, Milena, que retornava de Data FIFA com a Seleção Sub-20, tirou proveito de hesitação entre zaga e goleira para entrar com bola e tudo e anotar o seu primeiro do dia.

    Mileninha precisou de poucos minutos para balançar as redes/Foto: João Callegari

    Aos 18, quem marcou foi Wendy, responsável por finalizar jogada construída pela recém-promovida Priscila. A 19, que acabara de substituir Rafa Travalão, recuperou a posse no campo de defesa, cruzou a linha do meio de campo e percebeu a companheira com espaço pela direita. Feito o passe, a charrua, tranquila, justificou o porquê de vestir a nove: de cara com a goleira, usou da canhota para aumentar a festa da torcida.

    Wendy deu costumeiro show de garra na frente/Foto: João Callegari

    Desde sua estreia, na segunda rodada dos grupos, Priscila havia balançado as redes em todas as partidas que disputou. Diante do Juventude, a jovem atacante fez questão de renovar a escrita. Aos 34, ela aproveitou o rebote de lindo chute de Mileninha, que explodira no poste, para fazer o nono do Clube do Povo. No minuto seguinte, Milena recebeu de Shashá e adicionou o segundo dígito ao escore: 10 a 0!

    A generosidade ganhou os holofotes aos 37. Em reconhecimento à assistência maravilhosa que recebera para anotar o seu, Wendy fez questão de servir Priscila com passe igualmente açucarado. À saída da goleira, a dona da 19 respondeu com inteligente domínio, que matou as chances de defesa, e rápido arremate, que lentamente beijou as redes.

    Priscila e Mileninha (17): uma foto, cinco gols/Foto: João Callegari

    Das trocas ofensivas de Maurício, faltava apenas o gol de Mai, e ele saiu aos 38. De fora da área, a camisa 26 não quis saber de brincadeira e, após confusão na altura da meia-lua, finalizou de canhota. Com desvio, a bola matou a goleira Lari, que nada pôde fazer para impedir o primeiro tento da meio-campista colorada como atleta profissional.

    Mai marcou o 12º em bonito canhotaço/Foto: João Callegari

    Mai quase marcou mais um aos 40, mas a zagueira Letícia demonstrou boa leitura do lance para cortar o arremate já debaixo das traves. O rebote, contudo, foi de Mileninha, que transformou o gramado em madeira e, de bico, no melhor estilo do futsal, finalizou no ângulo. Não, você não errou as contas. O gol foi o 13º do Inter, terceiro de Milena, de número 48 na impecável campanha das Gurias no Gauchão. Que venham as semis!

    Todo o recurso de Mileninha para fechar a conta/Foto: João Callegari

    Ficha técnica:

    Internacional (13): Vivi; Leidi, Bruna Benites (Mai), Sorriso e Belinha (Ari); Djeni, Mari Pires (Wendy), Shashá e Maranhão (Isa); Fabi Simões (Mileninha) e Rafa Travalão (Priscila). Técnico: Maurício Salgado.

    Juventude (0): Mari (Lari); Jenni (Hellen), Dai, Júlia e Dessa; Yasmin, Alana (Letícia) e Mi; Mariazinha, Maria Eduarda (Isa) e Tauany (Gabi Rech). Técnico: Giordano Demore.

    Gols: Rafa Travalão, aos 6’/1ºT, 15’/1ºT e 34’/1ºT; Fabi Simões, aos 6’/2ºT; Djeni, aos 10’/2ºT; Leidi, aos 12’/2ºT; Mileninha, aos 14’/2ºT, 35’/2ºT e 40’/2ºT, Wendy, aos 18’/2ºT; Priscila, aos 34’/2ºT e 37’/2ºT; e Maiara, aos 38’/2ºT (I).

    Cartões amarelos: Djeni (I). Gabi Rech, Alana, Dessa e Mi (J).

    Arbitragem: Felipe William Vuaden, auxiliado por Estefani Estrela da Rosa e Ariela Duarte.

    Estádio: Sesc Protásio Alves.

    Imagens

    Fotos: João Callegari