• Notícias
  • Clube
  • Futebol
  • Serviços
  • Clube de Vantagens
  • Inter Store
    Associe-se

    Gurias Coloradas vencem Grêmio e conquistam a Copa Gaúcha Sub-17

    Gurias conquistaram a Copa Gaúcha Sub-17/Foto: João Callegari

    A MELHOR BASE DO BRASIL TAMBÉM MANDA NO RIO GRANDE! Na manhã deste sábado (04/12), as Gurias Coloradas bateram as maiores rivais e conquistaram a Copa Gaúcha Sub-17. Palco da competição, o CT Hélio Dourado recebeu clássico Gre-Nal encerrado com o placar de 1 a 0 para o Inter, gol de Tamara, marcado logo no início da etapa final.


    Final estrelada

    Sedentas pela taça, as duas equipes contaram com times recheados de estrelas neste sábado, que também serve de véspera à decisão do Gauchão Feminino da categoria adulta. De grande rodagem no grupo principal gremista, atletas como Laís Giacomel, Ana Guimarães, Mayara e Núbia foram escaladas pelo técnico Yura, ao passo que Fábio Sanhudo mandou o Inter a campo com as atacantes Priscila e Tamara, além da zagueira Kewllen. Pri é, inclusive, a artilheira das Gurias no campeonato profissional, onde já marcou 10 gols!

    Parabéns, Gurias!/Foto: João Callegari

    Priscila dá trabalho à zaga rival

    As Gurias criaram as melhoras chances da partida desde cedo. Logo aos três, Priscila fez fila pela esquerda, recortou em direção à grande área e, da altura da meia-lua, deixou para Maju, que chegou batendo forte. Rasteira, ela saiu ao lado da meta gremista. Pouco depois, aos seis, Carol Gil entortou a zaga e, da esquerda, levantou em curva até Tamara, que cabeceou com perigo.

    Priscila desconcertou a marcação gremista/Foto: João Callegari

    As oportunidades coloradas foram respondidas, de parte das donas da casa, por chute forte de Ana, que Mari Zanella segurou sem maiores problemas. Incapazes de encaixar tramas de qualidade no ataque, as gremistas voltaram a sofrer com a velocidade de Priscila pelo corredor esquerdo. Antes dos 20, a colorada criaria duas chances.

    A primeira, aos 11, foi finalizada de fora da área. Com estilo, a artilheira usou da parte externa do pé para chutar forte e com curva, mas sem tanta direção. Depois, aos 18, Priscila não se satisfez em tentar de longa distância e avançou a dribles até ficar cara a cara com a goleira Iasmin Paixão. Na rede, de fora, o arremate tirou suspiros da Maior e Melhor Torcida do Rio Grande.

    Tamara ‘Bolt’ incomodou as adversárias/Foto: João Callegari

    Gurias dominam para conquistar

    O gol que teimou em não acontecer no primeiro tempo estava guardado para o início do segundo. Mais uma vez, em jogada de contra-ataque. De novo, pela ponta-esquerda. Agora, com Tamara, que justificou o porquê de ser conhecida como Bolt. Do campo de defesa, a camisa sete transformou bola quebrada pela zaga colorada em assistência, que conduziu até a pequena área antes de finalizar rasteiro, na saída de Paixão. Golaço!

    A resposta do Grêmio chegou aos 10, quando a lateral-direita Lais Giacomel apareceu de surpresa no corredor esquerdo. Destra, a atleta conseguiu ângulo para o corte e finalizou com perigo, mas para fora. Muito mais perigosa foi a nova arrancada de Bolt, que quase ampliou em jogada idêntica à do primeiro tento. Travado pela marcação, o chute da camisa 7 virou escanteio que Yasmin, de cabeça, passou perto de enviar às redes.

    Fundamental para retardar o primeiro gol colorado, Iasmin Paixão também foi importante para frear o ímpeto da Gurias na busca do segundo tento. Aos 14, Priscila cobrou falta pela esquerda da área gremista em direção à segunda trave, onde Carol Gil apareceu para cabecear em conformidade ao manual – para baixo. Providencial, a goleira espalmou em lance de puro reflexo.

    Carol Gil foi importante na blitz colorada pelo corredor esquerdo/Foto: João Callegari

    Aos 23, quem assustou por cima foi Maju, que recebeu cruzamento de Kewllen, feito das cercanias do meio de campo, e tentou escorar para a segunda trave, onde Carol Gil e Priscila apareciam com espaço. Mais alto do que a dupla foi o pulo de Paixão, que afastou de soco.

    O último milagre da goleira aconteceu nos acréscimos, quando o Grêmio já posicionava, sem sucesso, todas as suas atletas de linha no campo de ataque. A consequência da postura ofensiva foi a oferta de espaços para as artilheiras do Inter, muito bem aproveitados por Priscila, que recebeu de Tamara, venceu a zaga na velocidade e chutou com estilo, mas ao alcance de Paixão.

    O Celeiro delas!/Foto: João Callegari

    Embora justo diante da produção ofensiva das Gurias, o 2 a 0 não foi estabelecido no placar. Mero detalhe, completamente ignorado pelo Inter no minuto 33, instante em que o árbitro apitou pela última vez. A partir de então, o Rio Grande do Sul, na categoria Sub-17, ficava, definitivamente, colorado! Parabéns, campeãs!

    No Sub-17, o Rio Grande é colorado/Foto: João Callegari

    Ficha técnica:

    Grêmio (0): Paixão; Laís Giacomel (Amanda), Badin (Giovanna), Carol e Ana Guimarães; Duda, Julia (Cinthia), Mayara (Gaby), Raissa Bahia e Nubia (Paola); Nicoly (Pyetra). Técnico: Yura Tittow.

    Internacional (1): Mari Zanella; Teté, Carla, Raiara e Carol Gil; Kewllen, Danny Teixeira, Yasmin (Ju Romanelli) e Maju (Kamila); Tamara e Priscila. Técnico: Fábio Sanhudo.

    Gol: Tamara, aos 3’/1ºT (I).

    Arbitragem: Allan Ricardo da Rosa Azevedo, auxiliado por Estefani Estrela da Rosa e Tais Regina Ruver. Quarto árbitro: Jeissyevan Gonçalves.

    Estádio: CT Hélio Dourado.

    Imagens

    Fotos: João Callegari