• Notícias
  • Clube
  • Futebol
  • Serviços
  • Clube de Vantagens
  • Inter Store
    Associe-se

    Colorado goleia e vai à final do segundo turno do Gauchão

    De volta ao Gigante após quase cinco meses de distância, o Inter demonstrou, neste domingo (02/08), a importância de se estar em casa. Diante do Esportivo, o Clube do Povo abriu o placar da semifinal do segundo turno estadual logo aos 40 segundos de jogo, e manteve a aplicação ofensiva ao longo de todo o confronto para conquistar gigante triunfo por 4 a 0. Anotados por Thiago Galhardo, Marcos Guilherme, Paolo Guerrero e Boschilia, os gols alvirrubros garantiram vaga na decisão da Taça Francisco Novelletto Neto, que será disputada, na próxima quarta-feira (05/08), contra o Grêmio.


    Gigante com novidades, e também permanências

    Como de costume, a vitória deste domingo passou Maior e Melhor Torcida do Rio Grande, que teve sua paixão devidamente representada nas arquibancadas do Beira-Rio. Em homenagem aos colorados e coloradas que, devido à pandemia, estiveram fisicamente distantes do Gigante, o Clube promoveu uma série de iniciativas que criaram verdadeiro clima de jogo nas arquibancadas de nossa casa, entre elas um belíssimo mural de 140m de comprimento por 25m de largura. Ao mesmo tempo, os corredores internos do número 891 da Padre Cacique sediaram rígido protocolo organizado para garantir a segurança de todos os profissionais envolvidos no duelo entre Inter e Esportivo.


    Piscou? Perdeu!

    A saudade de atuar no Beira-Rio era grande, e o Inter fez questão de deixar isso claro antes mesmo de ser completada a primeira volta do cronômetro. Aos 40 segundos de partida, Saravia cobrou lateral no peito de Edenilson. Com exuberante qualidade, o camisa 8 colorado deu linda fatiada na bola, cruzando na segunda trave. A redonda até passou de Guerrero, mas não de Galhardo, que mandou um testaço indefensável para as redes. Gol colorado, o primeiro do camisa 17 alvirrubro no gramado do Gigante, quinto no Gauchão.

    O gol colorado perturbou a equipe visitante. Escalado com uma linha de cinco defensores, o Esportivo teve seus planos de ferrolho defensivo frustrados logo cedo, e custou a se reencontrar dentro de campo. Mortal, o Clube do Povo tirou proveito da desatenção serrana e, apostando na força de seu flanco direito, ampliou, aos 11, com Marcos Guilherme, em lindo chute de fora da área. Apenas três minutos depois, Galhardo, de grande atuação neste domingo, desarmou João Pedro na intermediária ofensiva, invadiu a grande área e cruzou, rasteiro, para Paolo Guerrero, que fez o terceiro e último de uma etapa inicial marcada por exibição maiúscula, intensa e veloz do Internacional.


    Grupo forte e entrosado

    A vantagem folgada no marcador deu segurança para Coudet promover mudanças na equipe colorada, que vive o início de uma maratona de partidas válidas por distintas competições. Na volta do intervalo, D’Alessandro, Zé Gabriel e William Pottker apareceram como novidades, mudando a dinâmica da equipe, mas mantendo o mesmo nível visto na etapa inicial. Pouco depois, quem entrou foi Patrick, substituição logo acompanhada pelo quarto gol do Clube do Povo, marcado por Boschilia que, em chute forte, completou veloz contra-ataque puxado exatamente por D’Ale, Pottker e Pantera.

    Madura, a equipe de Coudet soube cozinhar os últimos 30 minutos de confronto, trocando passes seguros e deixando o tempo passar. A goleada, maior do Inter no ano ao lado do triunfo sobre o São José, conquistado no dia 15 de março, classificou, com autoridade, o Clube do Povo para a final do segundo turno gaúcho.


    PRINCIPAIS LANCES DO PRIMEIRO TEMPO:

    0min – GOOOOOOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAL! GOOOOOOOL DO CLUBE DO POVO! DA COLORADO ALEGRIA DO NOSSO CORAÇÃO, DO ROLO COMPRESSOR! INÍCIO DE JOGO FULMINANTE! Colorado cava lateral na direita do campo ofensivo, cobrada por Saravia no peito de Edenilson. Com muita categoria, camisa 8 domina ela no peito e dá linda fatiada na direção da grande área, buscando a segunda trave. Galhardo, muito bem posicionado, sobe mais alto do que a marcação e manda um testaço indefensável. É o primeiro do camisa 17 no Beira-Rio, quinto no Gauchão. Vamos, Thiagol!

    4min – UHHHH! Marcos Guilherme pega a sobra de jogada do ataque colorado e manda chute forte. Renan fica com ela!

    11min – GOOOOOOOOOOOOOL DO INTEEEEEER! É COLORADO, É ALVIRRUBRO, É DA ACADEMIA DO POVO, DO ROLO COMPRESSOOOOOR! RELAMPEJOU EM PORTO ALEGRE, OU MELHOR, RELAMPEGOU! Grande jogada de Marcos Guilherme, que tabela com Edenilson, deixa com Musto, recebe do argentino, engatilha o chute e manda um pataço de fora da área. Rasteira, a bola vai picando direto no canto direito de Renan. Inter já tem 2, e o Esportivo? Nada!

    13min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DO INTEEEEEER! NÃO PERCA AS CONTAS, MAIS UM, MAIS UM DO COLORADO, DO CLUBE DO POVO, DA GIGANTE ACADEMIA POPULAR! FALTAVA O DELE, O DO PISTOLEIRO ARTILHEIRO, DO PERUANO PAOLO GUERRERO! Thiago Galhardo, que atuação! Camisa 17 desarma João Pedro na intermediária, pela esquerda, dispara em velocidade, invade a área e serve Guerrero, que finaliza rasteiro, no contrapé de Renan. É o terceiro do Inter nesta agitada y intensa tarde de Beira-Rio!

    23min – SAAAAAAAAAAAAAAAAAAALVA RENAN! Boschilia recebe em boas condições pela esquerda, faz o giro, engatilha e manda uma bomba. Goleiro do Esportivo espalma, salvando os visitantes.

    29min – Amarelou! Cleiton recebe o cartão por falta em Galhardo.

    33min – Muda o Esportivo. Entra Igor Bosel, sai Galiardo.

    38min – MILAAAAAAAAGRE! Esportivo adianta suas linhas para tentar criar problemas ao Inter. Inteligente, Musto percebe vazio nas costas da última linha serrana e lança Boschilia, que dispara em velocidade pela esquerda, vai ao fundo e cruza rasteiro. Na mesma posição em que há pouco marcou, Guerrero aparece livre e finaliza bem, mas Renan, em saída maravilhosa, opera novo milagre. Salva-se o Esportivo!

    43min – POR CIIIIIMA! Pela direita, Boschilia recebe de Galhardo, domina com a canhota, coloca na frente, ajeita e manda arremate de efeito. A bola supera o travessão de Renan, levando muito perigo.

    45min – Vamos 48! Juiz adiciona três minutos ao tempo regulamentar.

    48min – FIM DE PAPO! Com grande atuação, Inter vai vencendo por 3 a 0.


    PRINCIPAIS LANCES DO SEGUNDO TEMPO:

    0min – À frente no marcador, Coudet promove mudanças na equipe colorada. Entram Pottker, D’Alessandro e Zé Gabriel nos lugares de Guerrero, Galhardo e Cuesta. Esportivo também muda, com Diogo, cria do Celeiro, substituindo Luís Eduardo.

    9min – Muda o Inter mais uma vez. Patrick é a novidade, alçado na vaga de Edenilson.

    14min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DO INTEEEEEEER! É DO CLUBE DO POVO, É PRA SACRAMENTAR A GOLEADA. TINHA QUE SER TEU, BOSCHILIA, TEU TINHA QUE SER TEU, MEU CAMISA 21! Grande contra-ataque do Colorado. D’Alessandro fica com a sobra de escanteio cobrado pelo Esportivo e aciona, pela esquerda, Patrick, que coloca Marcos Guilherme para correr. O Relâmpago dispara até os arredores da área alviazul e devolve para o Pantera. Camisa 88 invade a área, pedala para cima da marcação e chama Pottker, que faz a parede e deixa com Boschilia. Camisa 21 chega enchendo o pé, de canhota, e manda para as redes de Renan. Clube do Povo abre 4 a 0 no placar!

    18min – Saravia segura Sapeka, impedindo contra-ataque do Esportivo, e é punido com o vermelho.

    22min – Emerson e Marcão são novidades no Esportivo. Deixam o campo Flávio Torres e João Pedro.

    23min – Quinta e última alteração no Clube do Povo: Praxedes por Marcos Guilherme.

    29min – Bem, Musto! Camisa 5 colorado intercepta troca de passes do Esportivo na altura da região central e parte em velocidade para, na entrada da grande área, receber assistência de Pottker. Com a canhota, o volante tenta o chute, mas Renan encaixa firme.

    32min – SALVA! Pottker recebe de D’Alessandro, após gringo tabelar com Praxedes, faz o giro em velocidade e solta o canhotaço. Rasteira, ela morre nas mãos de Renan.

    35min – Chama a atenção o posicionamento da equipe colorada com um a menos em campo. Time de Coudet está estruturado em duas linhas de 4. A primeira, na defesa, conta com Zé Gabriel na lateral direita, Fuchs e Moisés no miolo de zaga e Patrick na lateral esquerda. À frente, Praxedes é o meia-direita e Boschilia o esquerdo, enquanto Musto e D’Alessandro ocupam as posições centrais.

    38min – PAAAAASSA POR TODO MUNDO! Patrick, esbanjando pulmão, faz grande jogada pela esquerda e cruza na medida para Pottker. O camisa 7 escora na confusão, mas ninguém aparece para completar. Grande chance, mais uma, do Inter!

    39min – Xaro entra, Sapeka sai. Nova mudança no Esportivo.

    45min – Segundo tempo será encerrado aos 49. Juiz acrescenta quatro minutos de acréscimos.

    46min – Xaro leva o cartão amarelo.

    47min – NADA, PROFESSOR? Zé Gabriel invade a área serrana a dribles, coloca na frente, escapa do último marcador e, nas cercanias do pequeno retângulo, quando preparava para cruzar, é derrubado por carrinho de Rômulo. Pênalti claro, ignorado pela arbitragem.

    49min – ESTAMOS NA FINAL! Partida encerrada com goleada do Clube do Povo: 4 a 0!


    Ficha técnica:

    Internacional (4): Marcelo Lomba; Renzo Saravia, Bruno Fuchs, Victor Cuesta (Zé Gabriel) e Moisés; Musto, Marcos Guilherme (Praxedes) , Edenilson e Boschilia; Thiago Galhardo (D’Alessandro) e Guerrero (William Pottker). Técnico: Eduardo Coudet.

    Esportivo (0): Renan; Vinícius Bovi, Cleiton, Luis Eduardo, Gullithi e Rômulo; Galiardo (Igor Bossel), Robert e João Pedro (Emerson); Gustavo Sapeka (Xaro) e Flávio Tores (Marcão). Técnico: Carlos Eduardo Moraes

    Gols: Thiago Galhardo, aos 40 segundos, Marcos Guilherme, aos 11 minutos, e Paolo Guerrero, aos 13 minutos do primeiro tempo, Boschilia aos 14 minutos do segundo tempo (I).

    Cartões amarelos: Cleiton e Xaro (E).

    Cartão vermelho: Saravia (I).

    Arbitragem: Jean Pierre Lima, auxiliado por Leirson Peng Martins e Michael Stanislau. Quarto árbitro: Marcelo Cavalheiro.

    Estádio: Beira-Rio.

    Imagens

    Crédito: Ricardo Duarte