• Notícias
  • Clube
  • Futebol
  • Serviços
  • Clube de Vantagens
  • Inter Store
    Associe-se

    Derrota no Maracanã

    O Clube do Povo enfrentou o Fluminense, na noite deste sábado (16/08), em partida da terceira rodada do Brasileirão. Iniciado às 18h, o duelo, realizado no Maracanã, teve o 2 a 1 para os mandantes como placar final. Guerrero marcou para o Inter, enquanto Nenê, duas vezes, anotou os tentos do Fluminense. O Colorado agora volta suas atenções para o embate da próxima quarta-feira (19/08), quando recebe o Atlético-GO, às 20h30, em nova jornada válida pelo Campeonato Nacional.


    Um gol para cada lado

    O Inter foi a campo com mudanças em relação à equipe que superou, na última quinta-feira (13/8), o Santos, no Beira-Rio. Em estágio avançado de negociações, Bruno Fuchs deu lugar a Zé Gabriel, que formou dupla de zaga ao lado de Victor Cuesta.

    Na linha de frente, Edenilson, Galhardo e Guerrero exibiram movimentação constante, que confundia a zaga carioca. Exatamente dos pés do trio saíram as melhores oportunidades do Clube do Povo. Uma destas resultou em escanteio para os comandados de Coudet, lance que originou lindo gol do camisa 9 alvirrubro, que abriu o placar no Maracanã. Pouco antes dos acréscimos, Nenê, em pênalti originado de rara escapada carioca, deixou tudo igual.


    Rival marca com pênalti

    O Inter voltou melhor para a etapa final, criando boas oportunidades nos primeiros 10 minutos. Na sequência, Guerrero, lesionado, precisou deixar o campo, resultando nas primeiras trocas do time colorado. Ofensivos em busca da vitória em seus domínios, os locais passaram a ocupar o campo ofensivo e insistir em bolas alçadas na área alvirrubra. Desta forma conseguiram, já na reta final da partida, pênalti que Nenê voltou a converter para dar números finais ao duelo.


    Principais lances – Primeiro tempo

    2min – Chega o Inter! Edenilson intercepta troca de passes da defesa carioca e deixa com Thiago Galhardo. Camisa 17 recebe na intermediária e chuta forte, rasteiro. Muriel encaixa.

    3min – De novo a dupla… Galhardo e Edenilson tabelam pela direita. Ela chega ao atacante colorado, que tenta o cruzamento. Travada, a bola sai em escanteio.

    6min – Seguro, Zé! Defensor colorado executa desarme preciso sobre Evanilson, que escapava em velocidade. Na sobra, Cuesta completa o bote e sai jogando com a tradicional tranquilidade.

    12min – Edenilson cobra falta fechada pela intermediária. Na direção do gol, ela trisca na cabeça de zagueiro carioca e quase engana Muriel, que consegue fazer a defesa.

    18min – UHHHHHH! Fluminense chega levando perigo, mas Cuesta consegue o corte e, na sequência, Guerrero escapa em contra-ataque. Pela direita, o peruano deixa dois adversários para trás, chega à intermediária ofensiva e serve Edenilson, que tenta driblar Muriel, mas é travado pelo goleiro. Na sobra, Patrick finaliza para o gol aberto. Igor Julião, providencial, desvia em cima da linha e manda por escanteio.

    22min – Dodi acerta pisão em Edenilson e leva o amarelo, primeiro do jogo.

    26min – UUUUUUUUUUUH! Guerrero serve Galhardo em profundidade. Excelente, o passe é logo emendado em chute forte pelo camisa 17. A bola desvia na marcação e sai em escanteio, levando muito perigo.

    27min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAAAAAAAAAL! É DO CLUBE DO POVO, DO COLORADO ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕES, DO GIGANTE DO BEIRA-RIO! GUERRERO! GUERRERO! GUERREROOO É O PAI DO GOL! Edenilson cobra escanteio pela direita. Venosa, a bola não é afastada pela zaga carioca, e chega até Zé Gabriel, que, com a cabeça, devolve para a confusão. Lindoso, em cima da marca do pênalti, ganha briga pelo alto e ela sobra limpa para Guerrero. Genial, o camisa 9 colorado emenda rápido giro e, de voleio, dentro da pequena área, manda para as redes tricolores. Inter na frente! É o terceiro de Paolo em três jogos no Brasileirão, 30º com a camisa colorada!

    (FLUxINT )- O BRABO TEM NOME! Fogo Após escanteio cobrado por Edenilson, a bola bate e rebate dentro da área. Guerrero aparece com faro de gol para tocar pra dentro! Flu 0x1 Inter. 🔥⚽ #VamoInter

    Posted by Sport Club Internacional on Sunday, August 16, 2020

    30min – Sem cartão, professor? Boschilia dispara em velocidade, em direção à área carioca, mas sofre puxão de Yuri. Falta assinalada, mas sem cartão.

    31min – UUUUUUUUUH! Guerrero cobra direto e a bola sai tirando tinta do travessão de Muriel.

    38min – Pênalti para o Fluminense.

    39min – Nenê empata para o Fluminense.

    45min – Mais um minuto. Vamos a 46!

    46min – SALVA, MURIEL! Moisés deixa com Patrick, que vai ao fundo pela esquerda, corta para o centro e cruza de trivela. Aberta, ela chega em Edenilson, que escora buscando Guerrero. Antes dele, goleiro carioca deixa o gol de maneira salvadora e fica com a bola.

    46min – Encerrada a primeira etapa.


    Segundo tempo

    1min – Pelo amor dos meus filhinhos! Nino acerta Guerrero sem bola, na lateral esquerda do campo, e é advertido com cartão.

    2min – Bem, Saravia! Lateral dispara pela direita e sofre falta, praticamente sobre a marca de escanteio, cometida por Dodi.

    5min – Boschilia recebe de Zé Gabriel, conduz em direção à área rival e testa de canhota. Bola sai à direita de Muriel.

    6min – UUUUUUUH! Saravia intercepta bola atravessada por Nenê e aciona Galhardo, que lança Guerrero. Camisa 9 dispara em velocidade pela direita e cruza rasteiro para Patrick. Dentro da área, Pantera coloca na frente e manda uma bomba de canhota. Por cima, leva perigo!

    10min – LUCCAS CLARO SALVA O FLUMINENSE! Galhardo lança Edenilson nas costas da marcação carioca. Muriel deixa o gol, mas o camisa 8 colorado se antecipa ao goleiro mandante e desvia de cabeça. Mansa, ela tinha o caminho do gol, mas zagueiro do Fluminense consegue afastar em escanteio. Quase o segundo do Inter!

    11min – Cartão amarelo para Boschilia, impediu contra-ataque do Fluminense.

    12min – Lomba! Nenê fica com o rebote de corte parcial da zaga colorada e manda direto. Goleiro colorado encaixa, seguro.

    17min – Michel Araújo marca para os donos da casa, mas o VAR anula o tento por mão do atleta do Fluminense.

    21min – Pottker e Marcos Guilherme entram no Inter. Guerrero e Boschilia são as respectivas saídas.

    25min – Egídio escapa cara a cara com Lomba e finaliza rasteiro. Goleiro colorado encaixa, seguro.

    27min – Duas trocas no Fluminense. Marcos Paulo deixa o campo para a entrada de Luiz Henrique. Para Wellington Silva, sai Michel Araújo.

    29min – Raphael Claus consulta o VAR e indica pênalti para o Fluminense.

    31min – Peglow e Musto são novidades no Inter. Saem Galhardo e Lindoso.

    31min – Gol de Nenê para o Fluminense.

    37min – Nenê deixa o campo para a entrada de Paulo Henrique Ganso.

    37min – Estreia no Inter: Yuri Alberto substitui Patrick.

    38min – Edenilson leva o amarelo por reclamação, Saravia por falta.

    44min – Evanilson dá lugar a Yago Felipe.

    45min – Seis minutos de acréscimos!

    47min – PASSOU REEEEEETO! Pottker faz o pivô para Moisés, que chega em velocidade pela esquerda e finaliza forte, cruzado. Na segunda trave, Edenilson aparece se atirando em carrinho, mas não acerta a bola. Quase, quase, quase!

    51min – Encerrado o confronto.


    Ficha técnica:

    Fluminense (2): Muriel; Igor Julião, Luccas Claro, Nino e Egídio; Yuri, Nenê (Ganso), Michel Araújo (Wellington Silva), Dodi e Marcos Paulo (Luiz Henrique); Evanilson (Yago Felipe). Técnico: Odair Hellmann.

    Internacional (1): Marcelo Lomba; Renzo Saravia, Zé Gabriel, Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Lindoso (Musto), Edenilson, Gabriel Boschilia (Marcos Guilherme) e Patrick (Yuri Alberto); Thiago Galhardo (João Peglow) e Paolo Guerrero (William Pottker). Técnico: Eduardo Coudet.

    Gols: Paolo Guerrero, aos 27 minutos do primeiro tempo (I). Nenê, aos 38 minutos do primeiro tempo e aos 31 do segundo tempo (F).

    Cartões amarelos: Dodi e Nino (F). Edenilson, Renzo Saravia e Gabriel Boschilia (I).

    Arbitragem: Raphael Claus, auxiliado por Danilo Ricardo Manis e Fabrini Bevilaqua Costa. VAR: José Claudio Rocha Filho. Quarteto paulista.

    Estádio: Maracanã

    Imagens

    Crédito: Ricardo Duarte