• Notícias
  • Clube
  • Futebol
  • Serviços
  • Clube de Vantagens
  • Inter Store
    Associe-se

    Inter vence no Rio e segue na ponta do Brasileirão

    Vitória e liderança! O Clube do Povo superou o Botafogo, na noite deste sábado (29/08), em partida da sexta rodada do Brasileirão. No Nilton Santos, Thiago Galhardo e Boschilia marcaram na vitória alvirrubra por 2 a 0, resultado que levou o Inter aos 15 pontos no Nacional. Desta forma, os comandados de Coudet mantêm a primeira colocação independente das demais partidas do final de semana. Na próxima quarta-feira (02/09), às 21h30, o Colorado volta a campo para enfrentar, o São Paulo, o Palmeiras.


    Primeiro tempo de luxo

    O Inter entrou em campo com novidade no time titular. D’Alessandro foi o eleito por Eduardo Coudet para compor o ataque ao lado de Thiago Galhardo, e a escolha se provou acertada logo aos três minutos, quando o camisa 10 colorado pegou a sobra de cruzamento de Saravia e, por muito pouco, não abriu o placar. A oportunidade, porém, não foi lamentada por muito tempo. Aos cinco, Cuesta serviu Moisés, que foi ao fundo pela esquerda e cruzou açucarada para testaço de Thiagol, responsável por inaugurar o escore.

    Maduro, o Clube do Povo reduziu o ritmo após o gol, consciente de que seguir com a mesma postura seria fisicamente insustentável. O respiro passou longe de significar recuo, prova da posse de bola colorada, sempre próxima à casa dos 60%. Inteligente, o Inter também escolheu o momento certo para voltar a pressionar. Aos 27, após tabela com D’Alessandro, Galhardo deixou Boschilia de cara com Gatito, e o camisa 21 não titubeou para ampliar. Depois do gol, cada equipe teve uma chance. Para os mandantes, Babi marcou, mas teve seu tento anulado pelo VAR. De parte alvirrubra, Thiago quase fez, aos 47, o terceiro do time de Coudet.


    Segundo tempo da experiência

    Em dívida no marcador, o Botafogo bem que tentou encurralar o Inter nos minutos de abertura do segundo tempo, mas nada conseguiu criar diante de um Clube do Povo que seguiu cozinhando o duelo. A resposta de Autuori veio com duas trocas. Logo após as mudanças, Bruno Nazário, um dos alçados a campo, balançou as redes coloradas, mas o tento foi invalidado após consulta ao VAR.

    Correta, a anulação do gol arrefeceu o ânimo dos mandantes, que seguiram pouco eficientes na frente, diferente do Colorado, que quase marcou, aos 43, com Marcos Guilherme, completando excelente contra-ataque puxado por Edenilson e Galhardo. Por fim, aos 50, Lomba operou milagre após cobrança de falta de Danilo Barcelos e garantiu o 2 a 0 vermelho!


    Melhores momentos – primeiro tempo

    0min – Escanteio para o Inter! Moisés avança pela esquerda e cruza rasteiro. Marcelo Benevenuto afasta pela linha de fundo.

    3min – MILAAAAAGRE! Edenilson lança Saravia, que vai ao fundo pela direita e cruza rasteiro. Gatito espalma, impedindo que a bola chegue até Galhardo. O rebote, porém, é de D’Alessandro, que finaliza de canhota. No chão, o goleiro botafoguense se atira nos pés do camisa 10 colorado e salva o Botafogo.

    3min – UHHHH! D’Alessandro cobra escanteio aberto, na meia-lua, buscando Edenilson. Camisa 8 colorado domina e manda um foguete, que explode em Forster.

    5min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAL! É DO CLUBE DO POVO, DO COLORADO ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕES! GALHARDO, GALHARDO, THIAGOL GALHARDO! Moisés avança pela esquerda e cruza bola açucarada, nas costas da marcação, na medida para Galhardo chegar testando na pequena área carioca. O artilheiro colorado, vivendo grande fase, não perdoa e, sem chances para Gatito, manda para as redes. Inter na frente!

    (BOTxINT) – TÁ NA REDE! GALHARDO, ELE NÃO PERDOA! Cruzamento perfeito de Moisés pela esquerda e o camisa 17 aparece no primeiro poste para cabecear, sem chances para Gatito! Botafogo 0x1 Inter. 💪⚽🇦🇹 #VamoInter

    Posted by Sport Club Internacional on Saturday, August 29, 2020

    13min – Lomba! Cruzamento fechado, pela direita, é seguramente espalmado pelo goleiro colorado. Na sobra, D’Alessandro completa para afastar o perigo.

    14min – Por cima! Matheus Babi recebe cruzamento de Barrandeguy e, de carrinho, atira-se na bola. Ela vai por cima do gol colorado!

    20min – UH! Boschilia recebe pela intermediária, conduz, ajeita para a canhota e finaliza rasteiro. A bola sai à esquerda da meta de Gatito.

    24min – Guilherme Santos avança pela esquerda, invade a área colorada e finaliza com muita força. Desviada, ela sai em escanteio para os donos da casa.

    27min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAL! GOL GOL GOL GOL DO CLUBE DO POVO! DA ACADEMIA DO POVO, DO SPORT CLUB INTERNACIONAL! BOSCHILIA É O NOME DA ALEGRIA COLORADA, BOSCHILIA, BOSCHILIAAA! D’Alessandro e Galhardo tabelam pelo centro. Forte, o passe do camisa 10 ficava fica fora da medida para Thiago, mas ele não se dá por vencido, briga com a marcação e garante a posse. Com ela em seu domínio, serve Boschilia. Livre, leve e solto, o camisa 21 invade a área e finaliza colocado, no cantinho de Gatito, que não consegue a defesa. Amplia o Inter!

    31min – Cartão amarelo para Caio Alexandre.

    36min – D’Ale leva o amarelo.

    42min – Matheus Babi desconta para o Botafogo, mas o gol é anulado, pelo VAR, por impedimento de Rhuan na origem da jogada.

    45min – Vamos a 48! Mais três minutos de acréscimos.

    47min – UUUUUUH! Inter escapa em velocidade, puxando bom contra-ataque. Edenilson avança pela direita e deixa com Lindoso, pelo centro. Inteligente, o meio-campista dá bonita fatiada e oferece passe cruzado para Galhardo. A bola desvia na marcação e chega viva para o domínio de Thiagol, que domina no peito mas, no momento do arremate, é pressionado por Gatito, que opera um milagre. Era o terceiro!

    48min – Fim de primeiro tempo! Vitória parcial do Internacional!


    Segundo tempo

    0min – Equipes voltam a campo sem alterações.

    10min – Amarelo para Pedro Raul, que cometeu falta sobre Boschilia.

    13min – Dupla troca no Botafogo. Entram Bruno Nazário e Luiz Otávio. Deixam o campo Caio Alexandre e Rafael Forster.

    15min – O Botafogo marca com Bruno Nazário, mas o tento é anulado por falta de Matheus Babi em Patrick. Na origem da jogada, o camisa 11 alvinegro acertou o cotovelo no rosto do Pantera. Thiago Duarte consulta o vídeo e não apenas indica a irregularidade, como também apresenta o amarelo para o atacante carioca.

    21min – Muda o Inter. Musto entra, D’Alessandro sai. A partir da troca, Boschilia é adiantado para formar o ataque com Galhardo. Já o argentino camisa 5 assume a primeira função, enquanto Lindoso ocupa a região central da linha de três meio-campistas do Clube do Povo.

    26min – No Botafogo, vem Cícero e sai Rhuan.

    33min – Coudet promove a segunda alteração. Entra Marcos Guilherme, sai Patrick. O relâmpago passa a formar o ataque ao lado de Galhardo, enquanto Boschilia ocupa a esquerda, onde antes estava o Pantera.

    39min – Combalido, Zé Gabriel deixa o campo. Entra Moledo.

    43min – PRA FOOOOOOOORA! Edenilson faz jogada cinematográfica pela direita e lança Galhardo, que vai ao fundo e cruza bola perfeita, rasteira, que Marcos Guilherme finaliza debaixo das traves. De canhota, o relâmpago não acerta em cheio e manda por cima do travessão. Era o terceiro!

    45min – Mais seis. Vamos a 51!

    50min – LOOOOMBA! Danilo Barcelos cobra direto falta de muito longe. Com veneno, ela busca o ângulo colorado, mas goleiro alvirrubro opera lindo milagre e manda em escanteio.

    51min – FIM DE JOGO! VITÓRIA COLORADA, VITÓRIA DE LÍDER!


    Ficha técnica:

    Botafogo (0): Gatito Fernández; Federico Barrandeguy, Marcelo Benevenuto, Kanu e Danilo Barcelos; Rafael Forster (Luiz Otávio), Caio Alexandre (Bruno Nazário), Rhuan (Cícero) e Guilherme; Matheus Babi e Pedro Raul. Técnico: Paulo Autuori.

    Internacional (2): Marcelo Lomba; Renzo Saravia, Zé Gabriel (Rodrigo Moledo), Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Lindoso; Gabriel Boschilia, Edenilson e Patrick (Marcos Guilherme); Andrés D’Alessandro (Damián Musto) e Thiago Galhardo. Técnico: Eduardo Coudet.

    Gols: Thiago Galhardo, aos 5 minutos do primeiro tempo, e Boschilia, aos 27 minutos do primeiro tempo (I).

    Cartões amarelos: Caio Alexandre, Matheus Babi e Pedro Raul (B). Andrés D’Alessandro (I).

    Arbitragem:
    Thiago Duarte Peixoto, auxiliado por Danilo Ricardo Simon Manis e Miguel Caetano Ribeiro da Costa. VAR: Jose Claudio Rocha Filho. Quarteto paulista.

    Estádio: Nilton Santos, Rio de Janeiro – RJ.

    Imagens

    Crédito: Ricardo Duarte