• Notícias
  • Clube
  • Futebol
  • Serviços
  • Clube de Vantagens
  • Inter Store
    Associe-se

    Clube do Povo chega a 60 vitórias na Libertadores

    Bicampeão da América, o Internacional alcançou hoje nova marca significativa em sua história na Libertadores. Figurando no principal torneio do continente pela 13ª vez em seus mais de 110 anos de existência, o Clube do Povo alcançou, com a vitória por 2 a 0 sobre a Universidad de Chile, seu triunfo de número 60 na competição. Ao todo, foram 122 as ocasiões em que o Colorado gaúcho disputou partidas válidas pelo certame. Biografia longa e rica, abrilhantada com 180 gols marcados, e iniciada no ano de 1976.

    Nossa primeira vitória, como não poderia deixar de ser, veio no Gigante. Segundo confronto de nossa história válido por Libertadores, foi disputado contra o Olimpia, e teve em Ramón o artilheiro solitário do duelo, realizado no dia 14 de março. Já em 11 de abril conquistamos o triunfo inaugural em partidas realizadas no exterior. Diante do Sportivo Luqueño, do Paraguai, Falcão foi o único a balançar as redes para garantir a alegria no retorno a Porto Alegre.

    Além de Brasil e Paraguai, outras oito nações já serviram de palco para vitórias alvirrubras em partidas de Libertadores. São os casos de Equador, que nos legou uma primeira alegria em 1977, quando Escurinho e Joãozinho marcaram os gols da partida entre Inter e Deportivo Cuenca; Venezuela, inaugurada em 13 de abril de 1980 com vitória por 1 a 0 sobre o Unión Táchira, gol de Falcão; Argentina, batizada no mesmo ano por Tonho, contra o Vélez; Uruguai, desbravado em 1989 com Edu e Aguirre garantindo o 2 a 1 sobre o Peñarol; México, país onde triunfamos inicialmente em 2006, contra o Pumas, tentos de Rentería e Fernandão; Bolívia, templo de massacre por 4 a 1 do Clube do Povo sobre o Jorge Wilstermann, em 2011; Chile, sede de goleada por 4 a 0 em 2015, sobre a Univesidad de Chile; e Peru, que em 2019 atestou, pela primeira vez, a imposição colorada, com Rodrigo Moledo estufando as redes do Alianza Lima.

    Palco que figura entre os mais temidos do continente, o Gigante ofereceu ao Inter 43 de nossas vitórias na Libertadores. Em 60 jogos disputados no Beira-Rio, o Clube do Povo ainda atingiu 11 igualdades em seus domínios, assim totalizando impressionantes 77,7% de aproveitamento. Para 2020, já temos confirmada mais uma partida da competição em nossa casa. Será diante do Tolima-COL, adversário na terceira fase preliminar do torneio. Como sempre, seguiremos juntos, em busca de novo triunfo no certame e na Padre Cacique. Lado a lado, gramado e cimento. Vozes e chuteiras. Clube e Povo. Vamo!

    Confira todas as partidas disputadas pelo Inter em Libertadores:

    > Edição de 1976 – 1ª participação – Eliminado na 1ª fase

    07/03: Cruzeiro 5×4 Inter – Gols: Palinha (2), Joãozinho (2) e Nelinho (C); Lula, Valdomiro, Ramón e Zé Carlos, contra (I)
    14/03: Inter 1×0 Olimpia-PAR – Gol: Ramón
    21/03: Inter 3×0 Sportivo Luqueño-PAR – Gols: Lula (2) e Ramón
    28/03: Inter 0x2 Cruzeiro – Gols: Jairzinho e Joãozinho
    11/04: Sportivo Luqueño-PAR 0x1 Inter – Gol: Falcão
    13/04: Olimpia 1×1 Inter – Gols: Miño (O); Marinho (I).

    > Edição de 1977 – 2ª participação – Eliminado nas semifinais

    03/04: Corinthians 1×1 Inter – Gols: Zé Maria (C); Vacaria (I)
    10/04: Deportivo Cuenca-EQU 0x2 Inter – Gols: Escurinho e Joãozinho
    13/04: El Nacional-EQU 2×0 Inter – Gols: Rhon e Mariao, contra
    24/04: Inter 1×0 Corinthians – Gol: Darío
    01/05: Inter 3×1 Deportivo Cuenca-EQU – Gols: Darío (2) e Lula (I); Liciardi (D)
    05/05: Inter 2×0 El Nacional-EQU – Gols: Darío e Escurinho
    03/07: Inter 0x1 Cruzeiro – Gol: Joãozinho
    10/07: Portuguesa-VEN 3×0 Inter – Gols: Moss, De Lima e Núñez
    24/07: Cruzeiro 0x0 Inter
    27/07: Inter 2×1 Portuguesa-VEN – Gols: Escurinho e Batista (I); Silva (P)

    > Edição de 1980 – 3ª participação – Vice-campeão

    23/03: Vasco 0x0 Inter
    13/04: Unión Táchira-VEN 0x1 Inter – Gol: Falcão
    16/04: Deportivo Galícia-VEN 2×1 Inter – Gols: Febles e Titón (D); Cláudio Mineiro (I)
    20/04: Inter 2×1 Vasco – Gols: Jair e Cléo (I); Mendonça (V)
    27/04: Inter 4×0 Unión Táchira-VEN – Gols: Adavílson (2), Bira e Cláudio Mineiro
    30/04: Inter 2×0 Deportivo Galícia-VEN – Gols: Falcão e Jair
    13/06: Vélez Sarsfield-ARG 0x1 Inter – Gol: Tonho
    25/06: Inter 3×1 Vélez Sarsfield-ARG – Gols: Adílson (3, I); Lanao (V)
    02/07: América de Cali-COL 0x0 Inter
    10/07: Inter 0x0 América de Cali-COL
    30/07: Inter 0x0 Nacional-URU
    06/08: Nacional 1×0 Inter – Gol: Victorino

    > Edição de 1989 – 4ª participação – Eliminado nas semifinais

    21/02: Inter 1×2 Bahia – Gols: Diego Aguirre (I); Zé Carlos e Gil (B)
    24/02: Unión Táchira-VEN 1×0 Inter – Gol: Jaimes
    02/03: Sport Marítimo-VEN 1×1 Inter – Gols: Márquez (S); Diego Aguirre (I)
    14/03: Bahía 1×0 Inter – Gol: Charles
    21/03: Inter 3×0 Sport Marítimo-VEN – Gols: Luis Carlos Winck, Luis Fernando e Edu
    28/03: Inter 3×1 Unión Táchira-VEN – Gols: Diego Aguirre, Luis Fernando e Edu; Genovese (U)
    05/04: Inter 6×2 Peñarol-URU – Gols: Nílson (2), Heyder (2) e Norton (2, I); Barán e Aguilera (P)
    11/04: Peñarol 1×2 Inter – Gols: Aguilera (P); Edu e Diego Aguirre (I)
    19/04: Inter 1×0 Bahia – Gol: Diego Aguirre
    26/04: Bahía 0x0 Inter
    10/05: Olimpia-PAR 0x1 Inter – Gol: Luis Fernando
    17/05: Inter 2×3 (3×5) Olimpia-PAR – Gols: Dacroce e Luis Fernando (I); Mendoza, Amarilla e Neffa (O)

    > Edição de 1993 – 5ª participação – Eliminado na 1ª fase

    10/02: Inter 0x0 Flamengo
    05/03: Inter 1×1 América de Cali-COL – Gols: Daniel (I); Ferreira (A)
    10/03: Flamengo 3×1 Inter – Gols: Marquinhos, Núñez e Marcelino (F); Jairo Lenzi (I)
    16/03: Inter 0x1 Atlético Nacional-COL – Gol: Aristizábal
    23/03: América de Cali-COL 4×2 Inter – Gols: Da Silva (2), Escobar e Rincón (A); Elson e Ruyney (I)
    26/03: Atlético Nacional-COL 0x0 Inter

    > Edição de 2006 – 6ª participação – Campeão

    16/02: Maracaibo-VEN 1×1 Inter – Gols: Giancarlo Maldonado (M); Ceará (I)
    23/02: Inter 3×0 Nacional-URU – Gols: Michel, Fernandão e Rubens Cardoso
    08/03: Pumas-MÉX 1×2 Inter – Gols: José Luis López (P); Wason Rentería e Fernandão (2)
    22/03: Inter 3×2 Pumas-MÉX – Gols: Michel, Fernandão e Adriano Gabirú (I); Gerardo Galindo e Joaquín Botero (P)
    04/04: Nacional-URU 0x0 Inter
    18/04: Inter 4×0 Maracaibo-VEN – Gols: Adriano Gabirú, Bolívar, Michel e Wason Rentería
    27/04: Nacional-URU 1×2 Inter – Gols: Marco Vanzini (N); Jorge Wágner e Wason Rentería (I)
    03/05: Inter 0x0 Nacional-URU
    10/05: LDU-EQU 2×1 Inter – Gols: Agustín Delgado e Ariel Grazini (L); Jorge Wágner (I)
    19/07: Inter 2×0 LDU-EQU – Gols: Rafael Sóbis e Wason Rentería
    27/07: Libertad-PAR 0x0 Inter
    03/08: Inter 2×0 Libertad-PAR – Gols: Alex e Fernandão
    09/08: São Paulo 1×2 Inter – Gols: Edcarlos (S); Rafael Sóbis (2, I)
    16/08: Inter 2×2 São Paulo – Gols: Fernandão e Tinga (I); Fabão e Lenílson (S)

    > Edição de 2007 – 7ª participação – Eliminado na 1ª fase

    21/02: Nacional-URU 3×1 Inter – Gols: Diego Vera, Javier Delgado e Jorge Martínez (N): Martín Hidalgo (I)
    28/02: Inter 3×0 Emelec – Gols: Perdigão, Índio e Alexandre Pato
    14/03: Vélez Sarsfield-ARG 3×0 Inter – Gols: Damián Escudero (2) e Lucas Castromán
    28/03: Inter 0x0 Vélez Sarsfield-ARG
    10/04: Emelec-EQU 1×2 Inter – Gols: Michel Arroyo (E); Iarley e Alexandre Pato (I)
    19/04: Inter 1×0 Nacional-URU – Gol: Fernandão

    > Edição de 2010 – 8ª participação – Campeão

    23/02: Inter 2×1 Emelec-EQU – Gols: Nei e Alecsandro (I); David Quiroz (E)
    11/03: Deportivo Quito-EQU 1×1 Inter – Gols: Oswaldo Minda (D); Giuliano (I)
    18/03: Cerro-URU 0x0 Inter
    31/03: Inter 2×0 Cerro-URU – Gols; Walter Ibáñez, contra, e Alecsandro
    14/04: Emelec-EQU 0x0 Inter
    22/04: Inter 3×0 Deportivo Quito-EQU – Gols: Andrezinho, Bolívar e Giuliano
    28/04: Banfield-ARG 3×1 Inter – Gols: James Rodríguez, Roberto Battión e Sebastián Fernández (B); Kleber Correa (I)
    06/05: Inter 2×0 Banfield-ARG – Gols: Alecsandro e Walter
    13/05: Inter 1×0 Estudiantes de La Plata-ARG – Gol: Gonzalo Sorondo
    20/05: Estudiantes de La Plata-ARG 2×1 Inter – Gols: Leandro González e Enzo Pérez (E); Giuliano (I)
    28/07: Inter 1×0 São Paulo – Gol: Giuliano
    04/08: São Paulo 2×1 Inter – Gols: Alex Silva e Ricardo Oliveira (S); Alecsandro (I)
    11/08: Chivas-MÉX 1×2 Inter – Gols: Adolfo Bautista (C); Giuliano e Bolívar (I)
    18/08: Inter 3×2 Chivas-MÉX – Gols: Rafael Sóbis, Leandro Damião e Giuliano (I): Marco Fabián e Omar Bravo (C)

    > Edição de 2011 – 9ª participação – Eliminado nas oitavas de final

    16/02: Emelec-EQU 1×1 Inter – Gols: Fernando Giménez (E); Mario Bolatti (I)
    23/02: Inter 4×0 Jaguares-MÉX – Gols: Mario Bolatti (2), Leandro Damião e Oscar
    16/03: Jorge Wilstermann-BOL 1×4 Inter – Gols: Ignácio Brown (J); Ignácio Brown, contra, Leandro Damião, Zé Roberto e Kleber (I)
    30/03: Inter 3×0 Jorge Wilstermann-BOL – Gols: Oscar, Andrés D’Alessandro e Zé Roberto
    06/04: Jaguares-MÉX 1×0 Inter – Gol: Antonio Salazar
    19/04: Inter 2×0 Emelec-EQU – Gols: Rafael Sóbis e Leandro Damião
    28/04: Peñarol-URU 1×1 Inter – Gols: Matías Corujo (P); Leandro Damião (I)
    04/05: Inter 1×2 Peñarol-URU – Gols: Oscar (I); Alejandro Martinuccio e Juan Manuel Olivera (P)

    > Edição de 2012 – 10ª participação – Eliminado nas oitavas de final

    25/01: Inter 1×0 Once Caldas-COL – Gol: Leandro Damião
    01/02: Once Caldas-COL 2×2 Inter – Gols: Jorge Núñez e Mario González (O); Andrés D’Alessandro e Tinga
    09/02: Inter 2×0 Juan Aurich-PER – Gols: Oscar e Jesús Dátolo
    07/03: Santos 3×1 Inter – Neymar (3, S); Leandro Damião (I)
    13/03: Inter 5×0 The Strongest-BOL – Gols: Dagoberto, Leandro Damião (3) e Jô
    21/03: The Strongest-BOL 1×1 Inter – Gols: Rodrigo Ramallo (T); Gilberto (I)
    04/04: Inter 1×1 Santos – Gols: Nei (I); Alan Kardec (S)
    19/04: Juan Aurich-PER 1×0 Inter – Gol: Luis Tejada
    25/04: Inter 0x0 Fluminense
    10/05: Fluminense 2×1 Inter – Gols: Leandro Euzébio e Fred (F); Leandro Damião (I)

    > Edição 2015 – 11ª participação – Eliminado na semifinal

    17/02: The Strongest 3×1 Inter – Gols: Aleandro Chumacero (2) e Rodrigo Ramallo (T); Andrés D’Alessandro (I)
    26/02: Inter 3×1 Universidad de Chile – Gols: D’Alessandro, Jorge Henrique e Sasha (I); Canalles (U)
    04/03: Inter 3×2 Emelec – Gols: Nilmar, Alex e Réver (I); Burbano e Mena (E).
    18/03: Emelec 1×1 Inter – Gols: Mena (E); Vitinho (I).
    16/04: Universidad de Chile 0x4 Inter – Gols: Nilmar, duas vezes, Sasha e Valdívia (I).
    22/04: Inter 1×0 Strongest – Gol: Valdívia (I).
    06/05: Atlético-MG 2×2 Intern – Gols: Lisandro López e Valdívia (I); Douglas Santos e Leonardo Silva (A).
    13/05: Inter 3×1 Atlético-MG – Gols: Valdívia, D’Alessandro e Lisandro López (I); Lucas Pratto (A).
    20/05: Santa Fé 1×0 Inter – Gol: Mosquera (S).
    27/05: Inter 2×0 Santa Fé – Gols: Juan e Rafael Moura (I).
    15/07: Inter 2×1 Tigres – Gols: D’Alessandro e Valdívia (I); Ayala (T).
    22/07: Tigres 3×1 Inter – Gols: Gignac, Arévalo Rios e Geferson, contra (T); Lisandro López (I).

    > Edição 2019 – 12ª participação – Eliminado nas quartas de final

    06/03: Palestino 0x1 Inter – Gol: Rafael Sobis (I).
    13/03: Inter 2×0 Alianza Lima – Gols: Nico López, duas vezes (I).
    03/04: Inter 2×2 River – Gols: Nico López e Edenilson (I); Lucas Pratto e De La Cruz (R).
    09/04: Inter 3×2 Palestino – Gols: Patrick e Guerrero, duas vezes (I); Julián Fernandéz e Passerini (P).
    24/04: Alianza Lima 0x1 Inter – Gol: Rodrigo Moledo.
    07/05: River Plate 2×2 Inter – Gols: Álvarez e Pratto (R); Rafael Sobis, duas vezes (I).
    24/07: Nacional 0x1 Inter – Gol: Guerrero (I).
    31/07: Inter 2×0 Nacional – Gols: Moledo e Guerrero (I).
    21/08: Flamengo 2×0 Inter – Gols: Bruno Henrique (F).
    28/08: Inter 1×1 Flamengo – Gols: Rodrigo Lindoso (I); Gabriel (F).

    > Edição 2020 – 13ª participação – Em disputa

    04/02: Universidad de Chile 0x0 Inter.
    11/02: Inter 2×0 Universidad de Chile – Gols: Boschilia e Marcos Guilherme (I).