Associe-se

Celeiro de Ases é campeão gaúcho juvenil!

Festa da gurizada no CT Alvorada (Fotos: Jota Finkler)

Os guris do juvenil colorado são os novos donos do Rio Grande do Sul! O Celeiro de Ases garantiu mais uma taça na tarde desta quarta-feira (15/12), ao golear o Progresso por 4 a 0 na decisão do Campeonato Gaúcho Sub-17. Após vitória por 1 a 0 no primeiro jogo, em Pelotas, Leonardo (2x), Carlison e Vinícius Cortês marcaram no duelo de volta, em Alvorada, ampliando para cinco gols de vantagem no placar agregado.

Desta maneira, o Colorado confirmou a sua superioridade e o favoritismo. Afinal, a equipe teve o melhor ataque da competição (58 gols), o artilheiro Leonardo, que anotou um total de 15 gols, além de uma campanha impecável: 11 vitórias, dois empates e apenas uma derrota. No próximo ano, o Celeiro de Ases voltará a disputar a Copa do Brasil Sub-17.


Assim como no primeiro jogo, o domínio colorado foi total na partida. Desta vez, a superioridade também foi traduzida em gols. Muitos gols. Logo aos 14 minutos do primeiro tempo, Carlison foi à linha de fundo pela direita e cruzou rasteiro para o meio da área. Leonardo, bem posicionado, bateu de primeira com a perna canhota, no contrapé do goleiro: Inter 1 a 0!

O resultado já era confortável para garantir a taça em Alvorada. Mesmo assim, o Celeiro de Ases partiu pra cima no segundo tempo e liquidou a fatura. Aos 12 minutos, Adriel fez linda jogada pela direita, ganhou no pé de ferro do primeiro marcador, aplicou uma caneta no segundo e chutou rasteiro. O goleiro defendeu parcialmente, mas Carlison estava atento no rebote e mandou para as redes.

No agregado, a vantagem já estava em três gols, mas subiria ainda mais. Aos 34 minutos, Ghíven avançou em velocidade pela esquerda, deixou a marcação para trás e cruzou no segundo poste. Lá estava ele, Leonardo. O tiro falhou na primeira tentativa, mas não na segunda. Bola na rede e artilharia mais do que isolada do camisa 9.

Camisa 10 Ghíven avança pela ponta (Foto: Jota Finkler)

Ainda dava tempo para mais um – e que golaço! Para fechar com chave de ouro, aos 38min do segundo tempo, Vinícius Cortês recebeu na entrada da área, girou de letra sobre a marcação e bateu de canhota, com muita categoria, no cantinho: 4 a 0 para o Inter e festa nas arquibancadas do CT Alvorada.

O treinador Ariel Lanzini escalou a seguinte equipe na partida: Gabriel Raulino; Guilherme Varjão (José Adilson), Samuel, Tiago Guth e Rangel; Lukayan, Lucas Farias (Júnior), Ghíven (Carlos Eduardo) e Adriel (Vinícius Côrtes); Carlison (João Carlos) e Leonardo (Sarjani).

Na hora da premiação, um momento especial. Bráulio, o “Garoto de Ouro”, histórico meia colorado nos anos 1960/70, formado no Celeiro de Ases, foi o responsável por entregar as medalhas para os meninos dourados do Internacional. Emblemático!

> Assista à final na íntegra!

Grupo juvenil colorado celebra o título (Foto: Jota Finkler)

“Tivemos muitas adversidades desde o começo do ano com a pandemia. Mesmo assim, conseguimos dar um passo à frente, evoluir muito a equipe. Tivemos o melhor ataque da competição, o goleador (Leonardo), que chegou como volante, mas detectamos que poderia render como centroavante. A equipe inteira trabalhou demais e merece esse título.”

Ariel Lanzini, treinador da equipe

“A ideia é gerar um crescimento constante. Desde o começo, a gente sempre diz que o importante é formar. Se vier com título, melhor. Estamos conseguindo as duas coisas. Teremos muitas caras deste time na Copa São Paulo, dando espaço para eles se desenvolverem.”

Felipe de Oliveira, diretor geral das categorias de base
Autor de 15 gols, Leonardo foi o artilheiro do torneio (Foto: Jota Finkler)

Números da campanha

Jogos: 14
Vitórias: 11
Empates: 2
Derrotas: 1
Gols marcados: 58
Gols sofridos: 9

> Confira a campanha completa!

Imagens

Crédito: Jota Finkler