Associe-se

Raio-X: Gurias enfrentam o Cresspom na estreia do Brasileirão A1

Gurias recebem o Cresspom neste sábado/Foto: João Callegari

Tarde de estreia para o Futebol Feminino do Clube do Povo! A partir das 16h deste sábado (05/03), as Gurias Coloradas enfrentam o Cresspom-DF, no Sesc Protásio Alves, em partida válida pela primeira rodada do Brasileirão A1 de 2022. Confira entrevista da Rádio Colorada com Diego Marques, jornalista produtor do documentário Donas da Capital, projetando o duelo. Na sequência, você encontra todas as informações sobre o inédito confronto entre Internacional e Tigresas do Cerrado!

Transmissão;
Como chegam as Gurias;
Acesso ao SESC;
Arbitragem;
Como chegam as rivais;
Regulamento;

Índice

Transmissão 📻

O Canal do Inter e a Rádio Colorada apresentarão, em conjunto, nossa estreia no Campeonato Brasileiro de 2022! Exclusiva, a transmissão da mídia do Clube do Povo será iniciada às 15h45 deste sábado, minutos após a veiculação do Raio-X do confronto, que irá ao ar a partir das 15h10 na emissora mais vermelha do planeta bola. O relato minuto a minuto das redes sociais das Gurias (InstagramFacebook e Twitter) também cobrirá a partida, com imagens dos principais lances da tarde. Torça com a gente!

ProgramaçãoPlataformas
15h10Raio-XSite e APP do Inter
15h45Portões AbertosYoutube, Site e APP do Inter
16hJornada EsportivaYoutube, Site e APP do Inter
18hVestiário VermelhoYoutube, Site e APP do Inter

Pra cima delas 💪

As Gurias estão prontas para a estreia no Brasileirão! Iniciada na penúltima semana do mês de janeiro, a pré-temporada colorada, que correu intercalada pela disputa da Supercopa do Brasil, chegou ao fim nesta sexta-feira (04/03), data que concluiu ciclo de muito trabalho e intensa dedicação das atletas do Clube do Povo. Sob o comando do treinador Maurício Salgado e demais companheiros de comissão, o elenco realizou, desde a reapresentação, diversas atividades físicas, técnicas e táticas que encaminharam a melhor forma possível para a abertura do Nacional.

Extremamente participativo na pré-temporada das Gurias, o preparador físico Douglas Libonorio analisou, em entrevista concedida para a Rádio Colorada na semana passada, os trabalhos que abriram o ano do Futebol Feminino alvirrubro. No papo, o profissional ressaltou a presença da bola desde os dias que inauguraram a preparação, além de explicar que, para além das atividades coletivas, a comissão também deu grande foco às dinâmicas individuais, respeitando a biologia de cada atleta.

Foto: Pedro Pacheco

“O ponto principal do meu trabalho é potência e força. Na minha preparação, que é integrada ao Maurício, a bola está desde o começo. Prefiro assim, porque faz com que tenhamos valências diferentes atuando ao mesmo tempo. Neste ano, fizemos um trabalho bom, principalmente porque metade do elenco permaneceu, já teve uma base conosco. As jogadoras que vieram, nós acrescentamos ao trabalho e fizemos a individualidade biológica delas. Esse foi o ponto chave: fazer trabalhos com o grupo todo, e também individualizar com quem precisasse. No período competitivo, continuaremos assim.“

Douglas Libonorio

Todas as atletas contratadas neste início de temporada têm condições de jogo para enfrentar o Cresspom-DF. Vale lembrar, inclusive, que na partida de quartas de final da Supercopa do Brasil, disputada pelas Gurias contra o Real Brasília, seis dos sete novos nomes fizeram sua estreia pelo Colorado. Apenas Thamirys, zagueira oriunda do Cruzeiro, ainda não vestiu vermelho oficialmente, ao passo que Capelinha, Duda, Eskerdinha, Lelê, Maiara e Zóio debutaram no confronto eliminatório do mês passado. Confira a lista de jogadoras relacionadas por Maurício Salgado para a partida deste sábado.

Prestes a iniciar sua terceira temporada consecutiva como atleta colorada, a meio-campista Djeni Becker, que renovou contrato com o Clube do Povo em dezembro passado, projetou, durante entrevista exclusiva para o Canal do Inter, a partida de estreia das Gurias no Brasileirão de 2022. Ídola da torcida, a camisa oito destacou a contínua evolução do futebol feminino no país, e definiu o Campeonato deste ano como o mais difícil da história.

Foto: João Callegari

“A gente que treina, que é atleta de alto rendimento, gosta de jogo difícil, de um campeonato cada vez mais competitivo. A cada ano que passa, eu falo ‘o Brasileiro desse ano vai ser o mais difícil.’ E o Brasileiro desse ano vai ser o mais difícil! Isso é bom, desafiador. A gente quer chegar cada vez mais longe, colocamos desafios na nossa trajetória. Sabemos que cada jogo será uma final. É isso que a gente espera para sábado, principalmente por se tratar de uma estreia.”

Djeni Becker

A meio-campista, que seguidamente empunha a braçadeira de capitã das Gurias, também analisou a responsabilidade que as coloradas carregam para a nova temporada. Depois de um 2021 histórico, no qual o Inter chegou às semis do Brasileirão e estabeleceu a melhor campanha do futebol gaúcho na competição, Djeni entende que os resultados de 2022 precisam superar os atingidos no passado. Por isso, explica, a preparação foi realizada com máxima entrega por parte do elenco.

“A gente está treinando forte para fazer um grande campeonato. Com jogos difíceis, independente do adversário. Se em um ano chegamos aqui, no outro nós precisamos querer sempre mais. Não pode fazer nada abaixo do que foi feito. A gente tem que jogar melhor, fazer melhores partidas, desarmar mais bolas, finalizar com mais qualidade. Tudo tem que ser melhor nesse ano, e é para isso que estamos trabalhando duro.”

Djeni Becker

No sábado? Eu vou lá para o SESC! 🏟️

A Maior e Melhor Torcida do Rio Grande pôde confirmar de maneira gratuita presença no jogo deste sábado, que contou com serviço de jogo aberto até as 23h59 de sexta. Para acessar o Sesc, colorados e coloradas precisão apresentar o e-ticket gerado no momento da reserva do ingresso e documento de identificação com foto, além de levar 1kg de alimento não perecível. As arquibancadas do Estádio serão liberadas para o público a partir das 15h.

Apoie as Gurias conta o Cresspom/Foto: João Callegari

Arbitragem 👨‍⚖️

Andressa Hartmann apita, auxiliada por Luiza Naujorks Reis e Ariela Duarte da Silveira. Quarto árbitro: Francisco Soares Dias. Quarteto da Federação Gaúcha de Futebol.


Rival 🆚

Tigresas são as maiores campeãs do DF/Foto: DVG/Cresspom

O Clube Recreativo e Esportivo de Sub-Tenentes e Sargentos da Polícia Militar do Distrito Federal, popularmente conhecido pela sigla de Cresspom, foi fundado em 1999, e garantiu vaga na primeira divisão do futebol nacional após bom desempenho na A2 do ano passado, quando avançou até as semifinais. Em busca de uma campanha à altura do passado vitorioso que exibem, as tradicionais Tigresas do Serrado apostam, para a sua temporada de estreia na elite do país, na continuidade de um nome que conhece muito bem a biografia da equipe. No caso, o multicampeão Robson Marinho, treinador que teve suas características comentadas por Diego Marques.

“O Cresspom é o clube mais tradicional do futebol feminino do Distrito Federal. É o maior campeão candango, com sete títulos, mas não vence desde 2015. Dos sete, o Robson Marinho esteve à frente em cinco. Fora isso, foi campeão mais cinco vezes por outros clubes. Ele é um cara que se dedica ao futebol feminino. Mais tradicional, da velha guarda, que não se encantou com os métodos mais modernos de minijogos e espaço reduzido, mas que tem o prestígio e a confiança das jogadoras. A capacidade de gerir o grupo é um diferencial dele como treinador.”

Diego Marques
Robson Marinho comanda as adversárias do Inter/Foto: DVG/Cresspom

Curiosamente, o nome de Robson Marinho foi um dos poucos confirmados com antecedência pelo Cresspom para a nova temporada. Rodeada de interrogações, a preparação da equipe contou com apenas um amistoso, disputado diante do Real Brasília e encerrado com o placar de 7 a 1 para as rivais. Além disso, somente as jogadoras Nath Pitbull e Pati Derrico foram oficialmente anunciadas desde o final de 2021. Assim, até mesmo pelas muitas incógnitas, a imprensa local abre o Brasileirão apostando que o grande objetivo das Tigresas para 2022 passa pela manutenção na primeira divisão do país.

“O Cresspom é o clube do qual menos sabemos dos 16 que disputam a elite. O que temos é o amistoso que perdeu para o Real Brasília, que é bem preocupante. O time perdeu a principal atacante, a Katyelle, que foi artilheira do Candangão no ano passado, com 17 gols; e acredito que vá lutar pela permanência. Espero me surpreender, mas não vejo as Tigresas sendo uma sensação. Têm uma tabela muito difícil nesse início, e uma sequência negativa na largada pode ser fatal. A briga para permanecer vai ser árdua.”

Diego Marques
Poucas informações foram divulgadas sobre a preparação do rival/Foto: DVG/Cresspom

Em meio a tantas incertezas, uma permanência alimenta a expectativa da torcida do Cresspom por um bom desempenho no Brasileiro. Titular da equipe desde 2018, a zagueira Camila Santos seguirá ocupando a função de xerife das Tigresas em 2022, ano em que realiza um sonho não apenas seu e de seus parentes, ao disputar a primeira divisão do futebol nacional, mas também do companheiro de posição David Luiz, uma vez que o pai do defensor do Flamengo masculino foi um dos grandes apoiadores de Camila em sua caminhada rumo à profissionalização como atleta.

“A Camila Santos é um pilar, um dos principais nomes do Distrito Federal e, para mim, a grande jogadora do Cresspom. Ela tem uma história interessante, porque é apadrinhada pelo David Luiz desde quando começou a jogar. Foi o pai do David quem descobriu a Camila, e eles patrocinaram ela durante um bom tempo para ajudar a lutar por esse sonho. É uma grande jogadora, e sou fã dela. Xerife e capitã dessa equipe que vai estrear na elite do Brasileirão.”

Diego Marques
Camila é a capitã das Tigresas/Foto: DVG/Cresspom

Para além de Katielle, outros nomes do time-base de 2021, ano em que a equipe ainda atingiu a terceira colocação no Estadual, também deixaram o Cresspom, a exemplo da goleira Alessandra, das meias Eliúde e Tatá e das atacantes Giovania e Novinha. Assim, as prováveis titulares de Robson Marinho para a estreia no Brasileirão são: Leticia; Eliane (Buga), Camila Santos, Bruna Amarante e Ale Rato (Dy Menor); Nath Pitbull, Thaynara, Patricia Derrico e Isa; Moara e Ana Keila.


Regulamento 📖

Brasileirão A1 é disputado por 16 equipes/Foto: João Callegari

Em 2022, o Brasileirão A1 seguirá disputado sob o mesmo regulamento dos anos anteriores. Inicialmente, o Nacional ocorrerá em formato de pontos corridos, com as 16 equipes participantes duelando em turno único. Encerradas as 15 rodadas, os oito times de melhor campanha avançam para as quartas de final, fase que será disputada, bem como as semifinais e a decisão, em dois jogos, com o mando da volta sempre pertencendo ao clube de melhor campanha.

Primeira rodada:

04/03 – 21h – Palmeiras 2 x 1 Atlético-MG;
05/03 – 14h – Corinthians x Red Bull Bragantino;
05/03 – 15h – São José-SP x Kindermann-SC;
05/03 – 16h – Internacional x Cresspom-DF;
06/03 – 15h – Real Brasília x Santos;
06/03 – 15h – Cruzeiro x Grêmio;
06/03 – 18h – Ferroviária x Esmac-PA;
07/03 – 20h – Flamengo x São Paulo

*Equipes em negrito jogam em casa
Coloradas contam com teu apoio nessa estreia/Foto: João Callegari

Depois de enfrentar o Cresspom, o próximo adversário no calendário das Gurias é o Esmac-PA. O rival será visitado no domingo da semana que vem (13/03), às 15h, no Baenão, estádio localizado na capital Belém e que pertence ao Remo. A volta para casa ocorre na segunda-feira 21 de março, em duelo contra o São Paulo, previsto para as 20h. No sábado seguintes, as coloradas ainda enfrentarão a Ferroviária, na última jornada do terceiro mês do ano, em Araraquara. Tome nota da tabela do Clube do Povo no Brasileirão A1.