• Notícias
  • Clube
  • Futebol
  • Serviços
  • Clube de Vantagens
  • Inter Store
    Associe-se

    Há 3 anos, Gurias Coloradas conquistavam a primeira taça da retomada

    Hoje sabemos que a história do futebol feminino do Clube do Povo, desde a retomada em 2017, conta com inúmeras vitórias, troféus e ídolos. Mas nem sempre foi assim. Há três anos, as Gurias Coloradas davam os primeiros passos na construção de um futuro do qual todos nos orgulhamos. No frio domingo de 28 de maio de 2017, o Internacional deu uma amostra do que estaria por vir nos anos seguintes do projeto, conquistando o primeiro título desde a retomada da modalidade.

    A Taça Sérgio Nonnenmacher foi disputada em Fagundes Varela e as Gurias Coloradas mobilizaram os colorados da região. Em uma cidade de 2,5 mil habitantes, o estádio recebeu 500 pessoas para acompanhar os jogos femininos. O torneio amistoso foi mais uma experiência na preparação das Gurias Coloradas para o Estadual, no segundo semestre, no qual também levantaram a taça. 

    O espetáculo foi garantido por conta do Internacional. Ao todo, em dois jogos, as Gurias marcaram 20 gols, sem sofrer nenhum. Assim como já havia acontecido na goleada de estreia da equipe comandada por Tatiele Silveira, a centroavante e capitã, Paloma Merlo, outra vez mostrou que tem faro de gols. Marcou seis vezes. “Isso é resultado do trabalho de todo o nosso time. Eu não esperava marcar tantos gols, é uma surpresa para mim, mas as oportunidades estão aparecendo porque a equipe está trabalhando bem”, diz a artilheira.

    Na primeira partida do torneio, as Gurias Coloradas aplicaram 13 a 0 no Água Santa/Vila Lângaro com quatro gols de Paloma Merlo, dois de Aninha e outros dois de Baiana. Isa, Thaís, Grazzi, Sanchez e Maju ainda fizeram os seus. As adversárias da final seriam as donas da casa. O Botafogo de Fagundes Varela fez 1 a 0 no Bento Gonçalves. Na decisão, elas não resistiram à pressão das Gurias Coloradas. 

    No intervalo da final o Internacional já fazia 4 a 0. A partida acabou 7 a 0, com dois gols de Paloma Merlo, dois de Taís Marques. Aninha, Maju e Gabi Costa completaram a festa na Serra. “A equipe mostrou no campo justamente o que preparamos para o torneio. Sabíamos que os jogos teriam um tempo reduzido [30 minutos para cada tempo], por isso focamos muito na marcação pressão e adiantada para a retomada da bola. Nos ajudou muito a resolver as partidas mais cedo”, acredita Tatiele Silveira, treinadora da equipe em 2017.

    Para a gerente de futebol feminino, Duda Luizelli, mais do que a participação da equipe em campo, o torneio reforçou uma convicção dela e do departamento. “Elas são o Internacional, e este Clube é muito grande. A retomada do futebol feminino é também uma oportunidade de levar esse sentimento a todos os cantinhos do estado. Fomos muito bem recebidas aqui. Ter esse contato com o nosso torcedor é fundamental para o crescimento do projeto”, avalia.