Associe-se

Libertadores Sub-20: Celeiro perde para o Millonarios

Celeiro enfrentou o Millonarios nesta quarta/Foto: CONMEBOL

Em duelo da segunda rodada do Grupo B da Libertadores Sub-20, o Celeiro de Ases foi superado pelo Millonarios-COL, nesta quarta-feira (09/02), pelo placar de 1 a 0. Carvajal marcou o gol da partida, que será sucedida, no calendário da base do Clube do Povo, por embate diante do Peñarol. O confronto com os uruguaios, último da primeira fase do torneio continental, ocorre no próximo sábado (12/02), às 19h30, também em Quito.

Adversário pressionou no primeiro tempo/Foto: CONMEBOL

Quem assustou primeiro foi o Millonarios, que chegou forte com Beckham. Dono da camisa 11, o ponta-direita rival teve liberdade para chegar próximo à área colorada e, com a canhota, finalizar para milagre de Anthoni, que espalmou de mão trocada. Matheus Dias respondeu para o Inter pouco depois, aos 10, quando foi acionado na segunda trave e só não empurrou para o gol devido a desvio do volante rival.

A zaga colorada voltou a trabalhar entre os 15 e 20 minutos, quando João Pedro operou dois cortes providenciais para conter o ímpeto rival. Primeiro, o camisa três cortou arremate perigosíssimo do lateral-esquerdo adversário, que invadia a área do Inter em velocidade. Depois, o beque impediu que Óscar Cortés ficasse livre, frente a frente com Anthoni. Considerável, a exigência imposta pelo ataque colombiano resultou em lesão de João Felix, sacado para a entrada de Lucas Ryan.

Defesa trabalhou muito no primeiro tempo/Foto: CONMEBOL

O Inter tentou igualar as ações a partir dos 20 minutos, e chegou a assustar com Lucca, bem servido por Matheus Dias. Logo depois, porém, Carvajal pegou a sobra de chute de Óscar Cortes e, dentro da área colorada, mandou para as redes. Inaugurado o placar, o artilheiro colombiano passou a ser ainda mais acionado pelos companheiros, e chegou a desperdiçar duas boas chances antes de ser atingida a primeira meia-hora de confronto.

O Inter voltou a assustar aos 35, quando Allison cobrou falta, a partir da intermediária esquerda de ataque, direto na área rival. Na segunda trave, Lucas Ryan atacou a bola em altíssima velocidade e fez o desvio por cima. Já aos 44, Vitinho foi lançado em velocidade, com espaço, mas teve seu contragolpe impedido pelo goleiro rival, que se transformou em líbero para afastar o perigo. Dois minutos mais tarde, o brilho seguiu dos arqueiros, mas com Anthoni, que salvou grande chance de Óscar Cortés.

Anthoni fez grandes defesas no confronto/Foto: CONMEBOL

Mesmo na altitude, o Inter tratou de criar as melhores chances do segundo tempo. Logo aos cinco, Matheus Dias cobrou falta pela esquerda da meia-lua da grande área e exigiu milagre do goleiro rival. Logo depois, Bernardo recebeu boa bola de Estêvão e, da direita, cruzou com veneno, mas fora do alcance de Gustavo, que tentava de peixinho. Mais tarde, aos 30, Estêvão foi garçom de Lucca, que encheu o pé da entrada da pequena área, mas mandou por cima. Assim, o prélio era encerrado com vitória adversária.

Colorado pressionou no segundo tempo/Foto: CONMEBOL

Ficha técnica:

Internacional (0): Anthoni Spier; Bernardo (Ryan), João Pedro, João Felix (Lucas Ryan) e Rangel; Matheus Dias, Gustavo (Lukayan), Estêvão (Robert) e Vitinho; Allison (Jonathan) e Lucca. Técnico: João Miguel

Millonarios-COL (1): Jhonatan González; Samuel Bello (Oñate), César Benavides, Alex Paz e Asprilla; Nicolas Arévalo, Óscar Cortés (Mateo Sierra) e Jean Angulo; Beckham Castro (Kevin Cortés), Juan Carvajal e Andrés Gómez (Rubén Ramos). Técnico: Jose Gomez.

Gol: Carvajal, aos 27’/1ºT (M).

Cartões amarelos: Bello e Carvajal (M). Matheus Dias (I).

Arbitragem: Cristian Garay, auxiliado por Miguel Rocha e Juan Serrano, trio chileno. Quarto árbitro: Dilio Rodriguez, da Bolívia.

Imagens

Fotos: CONMEBOL